Conhecendo Natal Parte l

Eu vi os post das meninas falando das delicias das suas cidades e pensei, vou control c control v na hora!

Como é que eu ainda não falei de Natal aqui?

Não é por que nasci, me criei e se Deus quiser vou voltar pra lá  nenhum motivo particular. É por que é uma cidade linda, encantadora MESMO.

Então, vou começar o “Documentário” pela história:

” Em 1597 os portugueses chegaram à região para colonizar as terras e construir uma cidade na foz do Rio Potengi e encontraram grande resistência de franceses e seus aliados, os índios potiguares. Assim, liderados pelo Capitão-Mor Manuel Mascarenhas Homem – de Pernambuco, organizaram uma grande ofensiva e em 25 de Dezembro do mesmo ano conseguiram avançar até o local desejado, expulsando os franceses. Para se defender dos índios, que continuavam atacando, começaram em 6 de Janeiro de 1598 a construção, inicialmente de madeira, da Fortaleza dos Reis Magos, que só foi concluída, como é atualmente, em 1698. Hoje esta fortaleza é considerada o berço da civilização potiguar e o mais importante monumento histórico da cidade.

Em 1633 a fortaleza foi tomada e ocupada pelos holandeses, passando a se chamar de Castelo Keulen, a cidade ficando com o nome de Nova Amsterdã. A fortaleza e, consequentemente, a cidade, foram retomadas pelos portugueses definitivamente em 1654, voltando a ter os nomes originais.

Os documentos históricos que poderiam atestar a fundação da Cidade do Natal foram destruídos durante o período de ocupação dos holandeses, mas a versão hoje mais aceita é a de que, feitas as pazes com os índios, Jerônimo de Albuquerque, fundou em 25 de Dezembro de 1599, meia légua acima da fortaleza, o que passaria a se chamar de Cidade do Natal (em homenagem à data). Esta data é aceita como praticamente certa, pois foi neste dia que foram inauguradas a igreja matriz e o pelourinho da cidade.

Já no século XX, Natal teve grande importância estratégica pela sua posição geográfica na esquina do Brasil e ponto mais próximo da África e da Europa, no movimento republicano, na Revolução de 1930 e, principalmente, durante a 2ª Guerra Mundial, a partir de 1942, quando os americanos instalaram uma base naval em Natal e uma base aérea em Parnamirim (vizinho a Natal), o que fez com que a sua população de aproximadamente 55 mil habitantes quase dobrasse e que os moradores locais assumissem diversos costumes norte-americanos.

Em 23 de Novembro de 1935, Natal também foi palco de uma experiência singular no Brasil: a instalação de um governo comunista. Um “Comitê Popular Revolucionário” se fixou, praticamente sem luta, na residência do governador (na época a Vila Potiguar), publicou o jornal “A Liberdade” e dirigiu manifesto ao povo. Ao final de 4 dias, quando recebeu notícias de que a resistência estava vindo de Recife e da Paraíba, o dito comitê retirou-se estrategicamente.

No dia 24 de Janeiro de 1943, a capital potiguar foi palco do encontro histórico entre os presidentes Getúlio Vargas e Franklin Roosevelt.

– CURIOSIDADE
Segundo diz o povo potiguar, o termo “Forró” (música popular regional) vem originalmente dos americanos, que durante sua estada na cidade, introduziram os bailes abertos com o nome de “for all” (para todos).

– HISTÓRIA DO TURISMO
O turismo em Natal tem uma história muito mais curta. Começou tímida e regionalmente nos anos 80, mas somente nos anos 90 realmente se desenvolveu nacional e internacionalmente, tanto que no verão de 2004/2005, foi o segundo destino mais procurado por turistas brasileiros.

Hoje o aeroporto internacional receber em média 14 vôos internacionais por semana. Atualmente são mais de 1 milhão de turistas que visitam Natal por ano. Todos muito bem-vindos!


 

Tem como ser diferente?

Próximo post, comidinhas locais, hohoho!

Anúncios

9 comentários sobre “Conhecendo Natal Parte l

  1. Fabiana

    esta cidade é realmente linda, tanto que voltei 3x

    as paisagens e praias são lindas

    e os camarões nos restaurantes??? de todo tipo e tamanho a preços convidativos e varios oferecem a cortesia de nos buscar no hotel

    cada vez que volto noto cada vez mais progressos, da última vez me surpreendeu botar o pé na rua pra atravessar, todos os carros param…não vi isso ainda em nenhuma outra cidade aqui do Brasil….

  2. ahan né Beth? dá um comichão ver essas fotos de tanta vontade de estar AGORA lá ! e ainda promete foto das comidinhas locais…Meu estomago já começou a conversar comigo!!!!!

  3. Vanessa Mariano

    Beth, eu estive em Natal em 2007 e simplesmente AMEI.
    Amei o lugar, as pessoas, a atmosfera…pena que faltou um monte de lugares para conhecer.
    Enfim, Natal é mesmo o máximo e eu moraria lá fácil! Quem sabe um dia…

    Beijos!!

    Vanessa

  4. Vanessa Mariano

    OPS! Não é que faltaram lugares para conhecer. Lugares tem de sobra! O que faltou foi EU conseguir conhecer todos esses lugares. Dããã… :p

  5. Ale Fiorini

    Beth,
    Estive em Natal há muitos anos, acho que em 97… e me lembro de um lugar especial: a Lagoa do Carcará. A gente chegou lá seguindo placas, na época quase ninguém conhecia… me senti no caribe, com aquela areia branca e águas completamente transparentes! Você sabe se ainda está assim?
    Fora isso, tudo lá é lindo! Vale demais conhecer e se apaixonar!
    bjs
    Ale

  6. Job Neto

    Alô pessoal!
    É muito legal ver iniciativas como essa, na realidade estamos precisando de muito mais. Adoro a “Cidade do Natal”, a cidade de Luís da Câmara Cascudo. Acho um passo preponderante inserismo a lógica da propaganda para divulgação da nossa cidade. – Um apelo: Alguém possuir fotos dos cinemas da cidade do natal, queiram entrar em contato comigo: jobnetto@hotmail.com – Pretendo adquir-las. Pago Bom Preço. Obrigado.
    jobnetto@hotmail.com

  7. Gabriela

    Ahh, Natal… Eu amoooo Natal e não trocaria por nenhuma outra cidade! Moro aqui desde que nasci e aconselho a quem não conhece, vir o mais rápido possível! 🙂

    Natal é uma das melhores cidades do Brasil!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s