Meu corpo me boicota

Eu sou vítima do meu próprio corpo, que se recusa a madrugar e ir para a academia. Estou mal.

É certo que em São Paulo está um frio do cão, mas eu tenho que levar o João pra escola cedo e se eu tivesse um pingo de vergonha na cara eu estaria usando meus trajes ginasticais e, da escola, rumaria para  a academia.

Mas o que acontece é que eu imploro pro marido levá-lo, fico em casa curtinho uma TVzinha e a única coisa que muda na minha vida é que fico sabendo mais e mais sobre o centenário da imigração japonesa. Tudo bem, isso é importante, mas … e a barriga?

E pra piorar, trago pro escritório a mala da academia como seu eu fosse dêgna o suficiente para ir malhar no fim do dia.

Afinal, de ilusão também se vive!

P.S. O título desse post foi gentilmente cedido pela Lu Brasil, que também se diz boicotada, além de ser campeã brasileira de noites em claro e mastites.

Anúncios

2 comentários sobre “Meu corpo me boicota

  1. Oi Carla, posso imaginar o sufoco, pois aqui no Rio quando faz um friozinho a mais a minha filha reclama a bessa na hora do banho, imagine aí nesse estado.
    Tenho uma amiga que morra em Novo Hanburgo e disse que saiu para trabalhar com zero grau, deus me livre acho que eu não aguentaria esse frio não.
    Beijos
    Keli

  2. Fabiana

    amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    não acredito!

    para com isso já, a musculação tem que continuar…

    se você tivesse um personal garanto que estaria mais motivada e cobrada, que tal????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s