Via Láctea

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Via Láctea – Olavo Bilac

“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso”! E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto…

E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora! “Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?”

E eu vos direi: “Amai para entendê-las:
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas”.

1 – O Mulheres também é cultura.

2 – Pôr do sol da minha janela (o que significa que hoje teve SOL!).

3 – Se houver algum erro no poema, comentem que eu edito (sem custo 🙂 ).

4 – Vocês já tinham ouvido esse poema cantado pela Paula Toller? Vê lá:

Anúncios

8 comentários sobre “Via Láctea

  1. Fabiana

    lindo!

    to adorando estes dias – mas como alegria de paulista dura pouco, só pra variar é capaz de fechar pro final de semana…

    promete que as tardes de sexta , sábado e domingo terão fotos como estas??????? promete vai

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s