Atletabajara

Magros, lendo o post da parcêra Lu, em seu blog concorrente pessoal , vim contar-lhes que tenho me aventurado pelos parques da cidade, correndo, correndo, correndo sem parar.

Na verdade, tudo começou a partir de uma frustração, da decepção em perceber no próprio couro (pelica, no meu caso) que a gente esquece SIM cumé que anda de bicicleta.  Lamúrias já lamuriadas aqui.

Daí, baseada no fato de que andar de bicicleta no parque era pra mim um verdadeiro show de vídeos cacetadas, decidi correr no parque.

No início, notava minha animação em correr na esteira da academia, apesar do tédio que envolve essa atividade solitária. Eu colocava meu ipod e cantava, e corria, e colocava metas, só mais essa música, aumentava a velocidade, e lá ia eu. Pensei com meus botõezinhos: se eu curto correr na esteira, imagine no Parque! Vai ser leando. E assim se fez.

Fui pro parque toda equipada, já decidida a abortar missão bike, e pronta para a corrida. Os itens básicos são:

– Boné e/ou óculos de sol: acho que os dois fica uma coisa over, prefiro zócri.

– Protetor sololar: fundamental para que você continue com 29 anos pra sempre. Também recomendo passar nos ombros e colo evitando-se, assim, o tão temido bronze peão.

– Tênis dignão: sim, porque de que adianta uma cara leanda e alva, os joelhos travados? Num dá né. 

– Roupa pheena: uma roupitcha apropriada também cai bem. Nada de calça de moletom, camiseta do Kassab, short do pijama, polainas e esssa bizarrices que a gente já ouviu falar (não, nunca cometemos tais pecados, né gentem?).

– Rabo de cavalo, para as gatás de cabelo longo, tipo aquela que fez na praia o que todo mundo já fez ou gostaria moeto de fazer.

–  Ipod lotado de músicas animadas e que te façam ter vontade de correr. Exemplo? Salvation, do Crainberries. Ouve aí e me diz.

Só sei que correr é muito bom. Recomendo! 

Ah, a fota de quinta, feriadenho em SP, antes da corrida no Ibira (duzentas pessoas por centímetro cúbico. Claustrofobia).

feri-0044

 

Anúncios

8 comentários sobre “Atletabajara

  1. Olá!

    Vim comentar para pegar um poquinho dessa sua animação para atividade física….

    AIIIIIIIIIIIII, como preciso!

    AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, como tenho preguiça!!!!!!!!!!!!!

    Um beijo!

    Renata.

  2. Adorei! Eu também adoro correr na rua e odeio a esteira! Nossa relação está meio”desgastada” e por isso só subo nela nos dias de chuva, porque pheena correndo na chuva e lambuzando o cabelo não dá, né?
    bjo

  3. Mari

    Ai, Jane, é tenso. Já tentei correr e não deu muito certo. Dói tchudo. Queria ter essa sua disposição.

    ps: sua unha tá mointo pheeena! Looooooooooosho!

  4. debis

    Jane, fiquei feliz com sua dedicação.
    Eu e três amigas estamos frequentando (oi?) a academia a um mês e meio, mas se contar os dias que faltamos acho que dá um mês vai! rs
    Vou te confessar: a esteira e uma grande aliada minha, faço minhas caminhadas na boa, é pq ainda não corro, as coisas não são assim tão rápidas né amiga.
    Mas está sendo muuuuito bom, tô me sentindo bem melhor.

    Débis

    ah, como faço para aparecer minha foto aqui??

  5. Nathanie

    E após os quatro meses sem academia (por causa da bendita monografia), volto hj…. toda ruim, toda torta e com uma enorme esperança de que minhas melhores calças jeans voltarão a caber em minha silhueta.
    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s