Sou gostosa e assumo – Textos que lavam a alma

Quando eu não era essa pessoa bolinha que emprenha 2x por ano eu fiz uma lipo no meu bucho, a chamada lipolight, ou lipo com anestesia local, para retirada de pouco material, ontem relendo posts antigos no meu blog resolvi republicar esse, principalmente pelo texto ao final do post.

“…Eu lembrei de uma conversa que tive com um dos cirurgiões. Ele me perguntou várias coisas da minha vida pessoal, se meu casamento ia bem, minha vida sexual, se eu me sentia realizada profissionalmente, como me relacionava com minha familia, se tinha amigas etc etc e etc.
Na hora claro que eu estranhei, afinal não estava ali pra fazer análise e sim me livrar de 1 litro de gordura nojenta, então ele me explicou o motivo, é que muita mulher ia lá se agarrando a uma lipinho como se fosse a tábua de salvação. Era mulher com casamento a beira de acabar, que o marido tinha amante, que o filho tava usando drogas, que não tinha vida social, que não trepava, que não sorria, que estava infeliz profissionalmente. Ele já fez operações em pessoas assim e em 100% dos casos elas entravam em depressão ao ver que uma barriga lisinha ou um culote bem desenhado não salvam vida de ninguém.
Ou então tinham compulsão alimentar e ficavam mais arrasadas ainda vendo o resultado da lipo rolar por agua, aliás, tecido adiposo abaixo.
Claro que dá um tapa óootemo na auto estima, eu que já me amava horrores agora me beijo toda hora, mas isso não foi conquistado com a lipo.
Claro que se tu estás te sentindo mais segura do proprio corpo o sexo flui com mais gosto (e com a luz acesa), mas se seu marido já não te quer mesmo, isso não vai fazer diferença nenhuma, porque mulher de abdomem sarado existe á rodo na rua, já atitude…não tem (pelo menos ainda) cirurgia que coloque na cabeça de ninguém.
É muito perigoso alguem colocar sua felicidade numa coisa como forma, peso. Eu não falo daqueles dias que tu te olhas e aaaaargh! quer morrer porque nada cabe, acho que isso todo mundo tem (Ana Paula Arosio disse que tem também, a gente finge que acredita, tá?), eu falo de pessoas que apostam até a última ficha de que só vao ser felizes quando emagrecerem, e fazem disso um inferno na sua vida, e na dos outros também.
Olha pra ti mulher, corre atrás primeiro do teu eu, o que te faz infeliz é mesmo tua gordura ou é a falta de amor por ti mesma?
Olha eu bato palmas pro maridex, ele é um gordinho exemplar, não que eu queira que ele viva gordo (e nem morra pela gordura), mas ele consegue ser bem feliz assim, ele não se vê gordo, ele se acha lindo e gostoso (eu também acho mas se ele ler aqui aí mesmo que vai querer pesar 200 kg). Quem se estressa sou, ele fica feliz, comendo de tudo e livre de rugas.
E sabe por que? Por que ele não põe a vida dele nisso, ele me atrai também pelos atos, pela essência, pelo amor, por ser servo de Deus, pelas massagens nos pés (hihi), ele sabe que eu prefero ele magro, mas não troco ele por magro nenhum. E não troco mesmo. E você? O que pensa disso?

Li o texto abaixo (por coincidência) na ante-sala da clínica, no dia da minha cirurgia.

Sou gostosa e assumo

Nem quando tinha 10 anos entrei numa calça jeans 38. Nunca me senti feliz sem sutiã ou vestindo um top minúsculo com a pança ao ar livre. Jamais deixei de ter pânico praiano no final da primavera. Mas, depois de muita terapia e chuchu refogado, decidi: sou muito mais gostosa do que essas esqueléticas posando de cabide maquiado em capa de revista de moda. Porque, na verdade, gostosura não é ter 1,77m e 50kg nem 300ml de silicone, lipoescultura ou botox até na pupila. Ser gostosa é decisão. Decida que seus culotes, apesar de não serem a coisa mais linda do mundo, são facilmente extermináveis. Faça um tratamento estético e acabe com eles.

Decida dar um tapa na cabeça do seu namorado sempre que ele te chamar de “gordinha”, “fofinha” ou qualquer coisa terminada em “inha” que cause ódio: você é a única pessoa que pode xingar a si mesma, é bom que fique claro. Decida reclamar menos do seu corpo e aproveitar mais todas as sensações que ele pode te proporcionar se você parar de se torturar com cada estria que se instalar na sua bunda. Burrice é dar valor exagerado ao que é, na essência, detalhe. Tragédia é a fome na África, o assassinato dos bebês-foca, e não a falta de elastina no seu glúteo direito!

Decida chutar pra estratosfera padrões de beleza: os peitos da Gisele Bündchen são dela, não seus. A barriga sarada da dançarina de axé é dela, não sua. E, na real, se ser padrão fosse tão bacana, essa mulherada não viveria neurótica, com bulimia, anorexia, disfunção renal, cerebral, hemorroidal… No fim, todas nós sofremos de prisão de ventre.

Decida que “osso largo”, “retenção de líquido” e “gases” não são desculpa para não ter a cintura da Jennifer Lopez – você tem outra estrutura, simples assim. Não dá para ser leoa com pelagem de jaguatirica. Mas dá para ser uma leoa deslumbrante.

Decida que você, e o que existe de melhor em você, não se resume naqueles 2 ou 3 ou 10kg de banha que insistem em não sair do seu quadril. Quem acha o contrário deve ser posto de quarentena na sua vida. E se for você que pensa assim? De duas, uma: Freud ou Jung. Não, três: pode ser Lacan, também.

Se você decidir que quer mais é ter a barriga sarada, a bunda dura, o peito empinado e a coxa marmórea, vá em frente. Malhe. Feche a boca. Gaste com cirurgias, mas não se engane pensando que depois disso sua felicidade será plena, porque alegria e auto-estima não vêm de brinde com a lipoaspiração. Lembre-se de que o embrulho do presente acaba indo pro lixo. Então, para facilitar minha existência, decidi que sou gostosa. Compro roupas que valorizam o que tenho de bom (peitões, no caso) e não tento me vestir como um catálogo da Dior: o máximo que conseguiria seria parecer um espantalho fashion louco. Não me abalo mais com comentários testosteronentos e babões diante de corpos fenomenais: não dediquei a minha vida a ter um daqueles, por isso não posso querer ter um daqueles (simples, não?). Aprendi que o prazer que um jantar com vinho e risoto de pêra com gorgonzola me proporciona é infinitamente maior do que poder rebolar ferozmente a buzanfa no show da Tati Quebra-Barraco.

Hoje, sou gostosa pacas. Mas continuo odiando qualquer mulher que fica linda de morrer num biquíni. Eu decidi ser gostosa, mas não virei a Irmã Dulce. Ainda bem: decidi também que ser boazinha não combina comigo.

Aillin Aleixo é editora-chefe da Revista Quem

Anúncios

23 comentários sobre “Sou gostosa e assumo – Textos que lavam a alma

  1. Ritissima

    Nossa, Lu!!!
    Adorei o texto, o post, enfim…
    Felicidade esta realmente em voce se amar como voce e, as vezes e dificil, mas so depende de voce se tornar melhor e se valorizar!!!
    beijocas

  2. Lu, adorei o texto!
    Inclusive vou postar no meu blog no dia do meu aniversário, pode?
    Acho q tem tudo a ver com o meu momento.
    Ahhhhhhhhhh agora falando sobre a parte que o Ga se sente feliz, lindo e gostoso, aqui com o Carlos é igual….sei que morro de rir ao ver esse lado “nem aí” dele, e na verdade, ele está mais do q certo.
    E eu tb naum largo por nenhum saradão deste mundo, pq AMO!
    Bjoooooo

  3. Oii! Apesar de ter um blog sobre emagrecimento, amei o texto e assino embaixo!!Primeiro devemos amar à nós mesmas, para depois fazer com que alguém goste dagente pelo que a gente é!Valeu linda! Beijomeligafui

  4. Andrea

    Olá! Tenho lido silenciosamente o blog de vcs, mas esse post, esse texto me fez quebrar o silêncio!
    Concordo com tudo! E penso dessa mesma forma!
    Claro que tenho neuras, que se eu pudesse comprar um corpinho novo no supermercado eu faria, mas eu adoro quem sou e pra mim isso é o mais importante.. eu sou mesmo uma delícia!!! Por dentro e por fora!! rs
    Beijos!

  5. Jane Murback

    Ameiê.
    Mas…. posso falar? Nem menina de 13 anos fica linda de biquíni. Muito menos sob aquele sol revelador. A praia na verdade tem um problema básico: é um local muito iluminado.

  6. Olá!
    Primeira vez comentando por aqui…descobri o blog fazem uns 3 dias…venho acompanhando…e adoraaando!

    Tudo ótimo! Adorei tudoo!

    Posso falar também?!! Tenho 18 anos, não tenho 1,77m e nem 50 kg, NUNCA fui padrão freak-cabide-modelo, mas sou feliz com o que tenho…tenho celulite? TENHO! Tenho estria? TENHO! Mato-me por isso?! NÃÃO! (Tirando na TPM que fico bem chata e inchada…haha) Conheço garotas mais novas que eu que quase cortam os pulsos quando aparece alguma coisinha…Eu me olho no espelho e digo: “bem, eu sou feliz assim!”. Talvez daqui a alguns anos eu venha a me estressar com as gordurinhas…por enquanto eu tenho outras neuraaas! hahaha Porque sim, eu tenho 18 anos, mas sou muuuito neurótica!

    Parabéns à vocês! O blog é incrível!

  7. Lúcia Soares

    Assino embaixo. Pena que vivi anos me martirizando! Ainda tenho um “desconfiômetro” gigantesco, sei o que posso e não posso fazer. Ou devo e não devo. Ou quero e não quero. A gente tem que se amar. Simples assim.

  8. Já fui magra, hj estou bem mais cheinha,e põe cheinha nisso….. já fiz lipo, cirurgia na barriga, nos peitos..tudo maravilhoso como queria e, agora brigo com a balança todo dia e estou na endócrino todo mês…uma rotina horrível com a balança depois da TAL MENOPAUSA e tratamento com hormônios …não recomendo a ninguém a não ser quem quiser ter uns bons kilos pro resto da vida…não consigo emagrecer..e esse texto foi muito bom pra me animar,pelo menos agora rsrrs
    A felicidade não está na aparência mas ela faz a diferença pra quem não aceita o que não gosta.
    Amei o texto.
    ps: AINDA VOU “””ELIMINAR”””” O QUE EU NÃO QUERO!!!!
    bjs

  9. Mateus

    Eu sou do !msm! geito!
    (N sei o q é DR’s, mas tirando isso)

    ((((((((((((((((((((Falar sobre mim ? Putz… O que falar ? Bem… sou um ser branquelo que vai a praia de roupa. Sou desinibido nos momentos impróprios e tímido nos menos previsíveis. Odeio barulho mas falo alto quando estou entre amigos. Dengoso e teimoso. Gosto de DR’s e de strognoff. Sou virgem. Em blogs quero dizer… e nunca pensei em escrever em um blog. Quanto mais em blog feminino, né ? Mas enfim… Tô aqui sem vergonha de passar vexame. Veremos quando vão se cansar de mim.))))))))))))))))))))

  10. PAULA CORREIA

    OI!
    ADOREI ESSE TEXTO POIS TENHO ESSE TIPO DE PROBLEMA,ME PREOCUPO COM OS PADRÕES DA MODA,VOU PROCURAR DESVIAR UM POUCO O MEU OLHAR DESSE MUNDO LOUCO.

  11. Josiane Cristina

    sou gostosa desde quando nasci so fui percebe quando os meninos mexiam comigo e ate hoje sou gostosa pois meu namorado amor da minha vida vive me dizendo que eu deixo louco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s