SEMANA DA MULHER

O sentimento de que sobra tudo prá gente fazer, que só a gente tem que dar conta de um monte de coisa ao mesmo tempo, e que o marido só tem a responsabilidade de trabalhar fora – pois então, este sentimento é só meu ou tem mais alguém aqui que se sente assim também?
Nossa, em tudo que é post que eu leio, a mulherada reclama (ou pelo menos comenta sem reclamar, dando uma de pheena) que está atolada de tarefas.
Aqui em casa sobra tudo prá mim. Tá, vocês sabem que meu marido é lindo, que eu o amo, bláblá, mas ele só ajuda depois que eu peço. E prá fazer tem que ter orientação, explicação de como é que faz, tem que lembrar de fazer, OU SEJA: a responsabilidade continua sendo minha – no final, pode ser até que no fim de semana eu não arrume a cama, MAS eu tenho que pedir: “Arruma a cama, por favor”, “Bota a colcha, por favor”, “Coloca as almofadas também”… se eu não peço, a cama fica lá desarrumada, afinal a gente vai dormir de novo, não é mesmo?
A cama desarrumada é só a parte mais fácil da minha semana. Eu ainda tenho que cuidar dos filhos, cuidar da escola dos filhos, cuidar do lanche dos filhos, cuidar da casa, fazer supermercado, feira, mandar consertar as coisas quebradas, fazer ginástica, manicure e ficar gostosa e… pasmem… ainda trabalhar fora! Exatamente como alguém que eu conheço!
E, como este blog é das MULHERES IMPOSSÍVEIS, estou aqui prestando minha solidariedade à todas que, como eu, se atolam de coisas prá fazer, justamente porque são MULHERES (porque se fossem homens não dariam conta nem da metade).
Por isso que eu acho que a gente tem que ser homenageada SIM, paparicada SIM, ganhar presente, flores, e, o mais difícil: ser reconhecida.
Parabéns, queridas!

Anúncios

14 comentários sobre “SEMANA DA MULHER

  1. Queridona,
    não tenho marido, mas… tenho um filho homem. Por isso, quando peço ajuda, ele logo inventa uma dor, um problema, um mal súbito, chora, faz drama e no fim, nada é feito. Daí, eu chego em casa e tenho duas opções: ou deixar a zona reinar ou fazer eu mesmo. Então, qual a opção?
    Bjs

  2. GISLEY

    Ai Ale,,nem li tudo pq ja me sobe um “udiu” por dentro kk

    eu sou mãe “solteira” de 2, acordo cedo levo uma p escola, o mais velho comigo para o serviço, ele reclama a manha inteira , tudo doi ,,taaa eu sei ´q criança, mais sabe que te dia q é de enlouquecer..
    chego em casa , banho na cria, arrumar uniforme, deixar na escola voltar ao serviço, pegar 5:30, ir para casa, brincar, fazer janta, dar a janta, brincar de novo, trocar roupa para dormir, lutarrrrrrr p eles dormirem,,
    dormiram,,uffaaaa
    academia,,das 10 a 11:30..chegar ,,fofocar uns 30 minutos na net e voltar a dormir kkk

    e ainnda esculto nego dizer..mais ser mãe é tão facil…é so paparicar,,,ME DEPILA,,

    merecemos mesmo toda e qualquer homenagem,,,

  3. Dani

    Ale sabe eu ja desisti de pedir ajuda , mas pelo menos espero ser reconhecida no nosso dia !!! Fazer o que esse mundo moderno nos tachou de mulher maravilha!!!

  4. Duas solucoes:

    1) criar os filhos homens da maneira menos sexista possivel.
    2) Apoiar outras mulheres. “Mulheres que nao apoiam outras mulheres recebem um lugarzinho no inferno” (There is a special place in hell for women who don’t help each other” frase de Madeleine Albright e titulo do livro hilario de duas suecas feministas de muito sucesso).

    Casei com um homem criado por uma feminista. BEIJO as maos dela. Basta ela estalar os dedos que eu abano o rabinho. Ele faz muito trabalho domestico, mas como e’ homem e’ limitado e nao e’ multi-task. Se meu filho de 5 anos nao contribui calcando as proprias meias ,recolhendo os brinquedos apos brincar, guardar o DVD na caixinha… vai dormir sem jantar, nao ganha nada novo, nao pode brincar nos amiguinhos. SOU CRUEL !!!

  5. Ale vc esta coberta de razão, lendo o que vc escreveu, parecia eu falando da minha vida… rs eh assim mesmo…
    Meu marido tb me ajuda, mas tenho que pedir ai ele fala que tudo bem, 30 min depois vou ver, nada feito, ai pergunto se ele vai fazer, ele diz que ja ta indo, e isso as vezes leva o dia todo… e tem que dar instruções, faz assim, põe ali, dobra aqui.. e mesmo assim sai daquele jeito.. rs
    Ele até faz as compras comigo, as vezes guarda até, mas o resto, sou eu mesma.. oh vida de mulher é dificil…

  6. Eu achando que so eu tava louca nessa vida, e olha que eu não tenho marido, mas tenho uma filha de 7 meses que me consome viu… não vou contar a saga pq to cansada ate pra isso hehehehe

    Mas to muito feliz…
    bjokas

  7. Amiguinha pura verdade tudoooo que vc. escreveu, olhe meu maridex é um amor em muitos sentidos massss esqueça essa estória de ajudar, pq. não ajuda msm., teve uma época que eu vivia implicando pq. ele não me ajudava a lavar louça, sabe o que ele fez?????? comprou uma lava-louça, ele é totalmente desastrado, outro dia foi expremer um limão e quase que eu fiquei viúva, o expremedor “manual” voooooo, outro dia rodei a baiana pra varia, iquei brava pq. nem a maionese que ele come ele tampa, é o fim da picada; e olha é de criação SIM pq. ele tem 2 irmãs e a mãe, então não fazia nada na casa qd. solteiro, não aprendeu, não gosta é um desastre ambulante; se eu tivesses um filho homem ia fazer o mulequinho aprender tudo pra não ter que depender de mulher nenhuma e ajudar a dele tb.
    Por isso ponha o João na linha, rsrsrs. (sua futura nora vai agradecer).

  8. Lenita

    Verdade, Ale. Marido e filho homem é tudo igual, mas ainda acredito que tudo tem conserto quando se está educando.
    Minha futura nora já me agradece por muita coisa que ensinei aos meus… Bjs

  9. Daniela

    É tudo igual !!! Eu desisti. Lá em casa tá assim: arrumar prá que, se vai desarrumar. Limpar prá quê, se vai sujar. Eu não dou conta então seja o que Deus quiser !!!!

  10. GISLEY

    DANI (COMENT ACIMA)
    menina me explica, como eles conseguem desarrumar tudo tão rapido né??
    menina vc sai arrumando qdo vc olha para traz esta tuduuu, tudduuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu desarumando de novo
    affe

  11. Ale,
    Maridex ajuda qdo eu peço, senao ele fica lá na chaise, folgado ,ligado nos esportes na TV.
    Por isso quando ele pergunta o que quero ganhar ou se eu quero ganhar algo, respondo “LÓGICO”, NEM DEVERIA PERGUNTAR!

    Bjs

  12. Andreá

    Bah, parecia que tu estavas contando um filme que eu já vi.
    Com alguns extras, tipo filhos, mas a história era bem parecida.
    De qaulquer forma, tenho prá te dizer que não aguentei (ai, reforma ortográfica!) e quase me virei do avesso e roí a pata, mas me livrei.
    Faz oito anos.
    Ah, eu não queria aquilo, não queria levantar-domingo-comprar-a-ZH-e-pão-fazer-café prá só então o fulano aparecer. E não ajudar em nada. E não adiantar nada.
    Eu pulei do barco.
    No mar aberto.
    E haja braço!!
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s