Sobre a crise

doletaOntem eu estava no telefone com meu amigo filósofo falando sobre trabalho:

– E aí Marcão, como estão de trabalho? – Perguntei

– Ah, estamos indo. – Ele responde – E vocês?

– Estou com medo, mas otimista. – Falei.

Ao que ele solta a pérola:

– Eu também estou otimista. Acho que vai dar merda. Os pessimistas acham que nem merda vai ter pra todo mundo.

————–

E hoje recebi por email:

O apelido do Obama é OB. O lugar que ele está é bom, mas a hora é errada.

————–

Midepila?

P.S. Post noturno por ser muito pesado para o horário normal.

Anúncios

8 comentários sobre “Sobre a crise

  1. lidianevasconcelos

    Jane
    Uma abajour e porta-retrato com mesmo tecido florido soa super ultra mega feminino…que fofo!!!!!!!! Ai, não vejo a hora de ter mesinha de cabeceira para ter essas “frescurinhas” também. Acho TU-DO!
    Ah! Sei quais são as luminárias… bem pensado.
    Pôxa, Jane. Uma penteadeira iria mesmo resolver essa maratona que é ter acesso aos cremes… 🙂

    Aff!! Pense que também tôu com medo dessa porcaria de crise… ai meus sais minerais! Mas a gente tem que manter o otimismo, né? Fazer o quê????

    Me rachei de rir da piada…e é otimista mesmo, né não? kkkkk…

    Oh! Tem um desafio para você lá no blog. Achei divertido participar… será que tu vais achar também? 😮

    Beijos!
    Lidiane Vasconcelos
    http://www.femeablog.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s