Trocando de biquíni sem parar

Gentem, e quem troca as letras da músicas por outras nada a ver, tipo o cRássico:

Na madrugada vitrola rolando um blues, tocando BB King sem parar….

Versão adptada:

Na madrugada vitrola rolando um blues, TROCANDO DE BIQUÍNI SEM PARAR….

Num irrita até uma porta  usuária de Lexotan?

E aí que uma vez eu estava num show do Belchior (não me perguntem o que eu estava fazendo num show do Belchior, acho que eu estava bêbada ou sequestrada, só pode) e o cara começou cantar:

Ê, ow ow vida de gado ….

E o meu marido, que na época era namorado (ow maigóde, como eu não percebi que ele naõ batia bem?) cantava em altos brados:

Ê ow ow PIRACICABA ….

Anúncios

31 comentários sobre “Trocando de biquíni sem parar

  1. Poxa eu não curto bbbosta,mas venhamos que oh povinho menos mais viu? (entendeste o trocadilho né), mas respeito então ninguem me mande ir pra algum lugar chatiu.
    Bem na verdade teve uma sol né,que cantava as músicas ne um ingrêis que ninguem entendia, mas deixa a bicha ser feliz, cabou o bbbosta já era.

  2. Fábio Jr: “E se um grande prazer, rola pelo ar…”

    Eu: “Piscinas de prazer rolam pelo aaaar…”
    Agora me fala, que raios são piscinas de prazer????
    ehehhehehhe

  3. Que isso, Jane! Eu adoroooo Belchior! Sério!

    Agora, de onde seu marido tirou “Piracicaba” eu não sei, juro que até fiz força pra associar… mas não dá! heheh

    É muitooo diferente, ‘oloko’.

    As piscinas ali da Jac, heinn. hehehe

    =*

  4. Lembra aquela musica do Marcos Vale:
    “Pula, caminha, nao pode parar/ficar parado assim e’ que nao pode ser” Minha mae transformou em: “Pula galinha, nao pode parar…”

  5. Sabe aquela do Titãs: “Homem primata, capitalismo selvagem, ôôô…” Minha irmã cantava: “Homem QUE MATA, capitalismo selvagem…”
    E tem outra, pior ainda. Engenheiros do Hawai: “O papa é pop, o papa é pop…” Ela cantava: “O papa é POBRE, o papa É POBRE, o POBRE não compra ninguém…”
    Tudo bem que uma pessoa POBRE não compre nada… Nem ninguém, né?! Kkkkkkkkkkkk!!
    Bju,
    E Jac, essa da piscinas de prazer… Kkkkkkkkkkkkkk!!

  6. Tatiana Regeneratti

    Hahahaha…

    Pérola da minha tia…

    “Columbina onde vai você…eu vou dançar o iêiêiê…”

    “Ô lumbriga onde vai você…”

    Put’s…fiquei imaginando uma “lumbriga” dançando o iêiêiê…kkkkkkkk
    Bjus!

  7. monique

    eu tenho uma tia que vive trocando as letras das músicas, há muito tempo atrás, qnd aquela música do Roberto Carlos tocava nas rádios (…Jesus eu estou aqui, Jeeeeeesus Cristo…eu estou aqui…olho pro céu e vejo uma nuvem branca que vai passando…), lembra?
    Pois é, reza a lenda que minha tia tinha um vizinho apelidado de de Nêgo Dico, eis que ela achou que o Rei havia homenageado o dito cujo e a música ficou maomeno assim:
    “…Nêgo Dico, Nêêêêêêêgo Diiiiiiiiiico, Nêêêêêêêgo Diiiiiiiiiico, eu estou aqui,…”

  8. Se em português a gente já faz essas barvaridades, imagine em ingrêis né!!!!

    A Danni lembrou um clássico: homem que mata….capitalismo selvagem…ôôôôô.
    Confesso: eu cantava assim…hehehehe!

  9. Lenita

    Estão se queixando do quê, pessôs? Eu tive que amargar uma tarde inteira de chororô, porque não queria cantar a música do “escrelinho” (??)
    O guri pedia, implorava e eu cantando músicas de “estrelinha” e o escambau. E não adiantava.
    Na verdade ói o que ele queria:
    -“O teu nome “escrelinho”, na areia, a onda do mar apagou…”
    Tradução: “O teu nome eu escrevi, na areia, a onda do mar apagou…”

  10. hahahahahah
    sempre tem esse povo hein!!! vai que seu marido torcia pelo Piracicaba F.C. ou algo do genero!!!
    fora umas analogias loucas.. de musgas em inglês que “aportuguesamos”, refrões… e coisas a fins..
    Lembro de uma amiga que quando a Desirre cantava LIFE é repetia MYYYYY OH MYYYYYYYY OOOOOOH MYYYYYYY!!!!
    hauhauhauahuahauhauh
    kisses

  11. KARLA

    HAAAHAHAAHAHAHAHAHAH
    to rolando de rir com seu post e os comments…muito legal mesmo…
    a do biquini eu conhecia – acho que até cantava assim – mas essa do Piracicaba é ÓTEMA!!!!
    se eu lembrar de alguma que cantei – com certeza tem – volto a comentar…
    amo seus posts….
    besos

  12. Thaís

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Jane, lembra daquelas enquetes? Que eram cadernos com várias perguntas? Aí tinha lá uma pra por um teco da sua música preferida, aí uma amiga colocou:
    “Ainda vai levar um tempo, pra fechar o referil por dentro” era o que feriu, manja? Lulu Santos… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. Ale Fiorini

    Tô chorando de tanto rir!!!!

    Minha contribuição:

    No carnaval, eu ouvia “Piolho na cabeça, o coração, feito bola de sabão…” saca? axé? E pensava: Caraca, que merda é esta de Piolho na cabeça? que sentido faz? Até que meu irmão se matou de rir ao me ouvir cantando e me corrigiu: Tu é burra, mesmo, , é “pirou minha cabeça! kkk!”

    Contribuição do maridex, “in ingrish”, by Dire Straits:

    Sofa wait for me… (so far way from me)
    (até hoje o sofá tá esperando)

    bjs

  14. Lana

    Papai uma vez brigou com um coleguinha de escola por que em vez de cantar no hino nacional:

    “Do que a terra, mais garrida, teus risonhos lindos campos em mais flores..”

    meu pai cantava:

    “Do que a terra MARGARIDA…”

    E ele jurava pro coleguinha que estava certo…

  15. mellocaca

    classica…

    “Uma com fe eu dou que a outra costuma a falhar…”

    o pior q eu tinha certeza q era assim…

    e o mais engracado… estavamos eu e o maridao na epoca namorado no motel ( ui delicia) pela primeira vez…. e depois da festinha estava tocando esta musica…hahuahua mas ele nao falhou… ufa!! o namoro vingou…hehe

  16. Paula

    Então vc precisa conhecer esta comunidade do orkut: VIRUNDUNS
    Descrição: Quem nunca ENTENDEU ERRADO uma letra de música? “Tocando Gipsy Kings sem parar”, “Scubidu dos sete mares”, “Virundum Ipiranga às margens plácidas”… Confesse suas falhas auditivas, e aproveite para se divertir com as versões, inversões e transversões alheias.

    Tem muito virundun por lá…

    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=58292

  17. Faby

    huahuahua

    Muito boa essa, hein!?

    Nooooossa… Eu sempre cantava musica com a letra errada, principalmente quando era criança… Viji!

    Tipo, Paralamas: “Livro prá comida, prato prá educação” – Eu: “Livro da vai comprá educação”.

    É u Ó!!!

  18. drika oliveira

    quer pior?
    eu cantava “a barata “disquitinha! achava q era o sobrenome dela… ahuhauhauhauhau

    e dona chica era francesa c o sobrenome dimiroux cecet.. – segundo uma comunidade do orkut .. kakakakakakaka

  19. Geraldine

    Menina, fui aí e não te vi, fui até na Vila Madalena…
    Well, tem uma música da Fafá de Belém que se chama nuvem de lágrimas, é assim: Ah jeito triste de ter você/Longe dos olhos e dentro do meu coração/Me ensina a te esquecer/OU VENHA LOGO E ME TIRE DESSA SOLIDÃO eu cantava HOMEM ALADO ME TIRE DESSA SOLIDÃO, imagine esse “ser mitológico”, rsrsrsr

  20. Oi, Jane!

    O nome disso é VIRUNDUM. A palavra vem do equívoco, dos muitos que fazemos, com o Hino Nacional : “Ouviram do Ipiranga…” que passa a ser “O Virundum piranga…”

    E eu a-do-ro!

    Beijos e sucesso!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s