Toda brancura que houver nessa vida

E aí que eu sou branquelíssima e isso não é mais segredo pra ninguém. Não que eu corra do sol, até tento ser garota da laje, mas tenho consciência que jamais serei sequer morena clara, o máximo que consigo é descolar uma insolação e ficar cor de boto rosa.

De toda forma, minha brancura em nada me impede de ser feliz por aí, afinal, já estou na idade da loba com artrose, o que significa que o que os outros acham tem uma importância de uns 1,25% no contexto geral.

Mas o que eu queria contar é que encontrei a namorada de um amigo e que a bicha tava tão torrada, mas tão torrada, que eu escandalizei. Achei feio em pleno início de verão ela estar tão queimada daquele jeito, embora ela não estivesse vermelha, estava marrom. E o pior. Ela é loira. Então o negócio gritou!

Acho que não está mais na moda ser tão bronzeada, principalmente se ficar nítido que você ou dormiu no sol ou passou o inverno deitada sob as luzes das camas de bronzeamento artificial.

Anúncios

26 comentários sobre “Toda brancura que houver nessa vida

  1. Eu acho que tudo na vida é fase. Lembro que quando eu tinha uns 15 anos, queria dormir no sol pra ficar com marquinha. Aff…
    Hoje em dia (26 anos, marido, filho e casa pra cuidar), acho feio, principalmente o rosto. Concordo muitíssimo com vc!
    Bjs!

  2. Sou muito branca desde sempre!
    O máximo que consigo é ficar com aspecto de suja! É sério! rs
    Então já me conformei, apesar de viver num país tropical onde o bronzeado é quesito básico.
    Tem gente que ainda não se conformou, e fica torrando, esquecendo tb os males futuros que isso pode causar.
    Além disso acabam ficando com uma cor de “frango assado”!
    Catherine Deneuve e Madonna são dois exemplos de quem nunca tomou sol para proteger a pele, e continuam belíssimas!
    Prefiro seguir os exemplos delas!
    Bjin!

  3. oi
    hj em dia é saudavel SE PROTEGER E NÃO SE TOSTAR.
    a moça sua amiga só vai sentir os efeitos aqui a 10 anos.
    vc está certa em se assumir branquela.
    use potetor mesmo trabalhando embaixo de lampadas(elas mancham a pele).
    o pir são as celebs que ficam cor de laranja
    aí é ridiculo.
    bj
    lilly(coisadelilly.wordpress.com)

  4. dia desses eu vi uma mulher (na feirinha do trianon) com as pernas laranja! juro! sabe cor de bronzeador artificial em creme? pois é, a tal acho que usa todo dia! eu nunca tinha visto uma cor tão feia na minha vida!!

    bj branquelos

  5. Eu tb acho ridiculo esse pessoal que fica se matando nessas camas de bronzeamente artificial, o nome já diz tudo, fica tão artificial que parece que a pessoa foi pintada com tinta guache né? Sendo loira então, imagina o quanto grita!!!!

    Espero que ela tenha espelho em casa.

    E nós branquelas somos muito mais legais!

    Beijos

  6. Liliany

    Jane, vc nem pode dizer que é branquela! Olha uma foto minha e depois quero ver vc dizer que é branca demais. Minha cor é branco-omo, branco-palmito, barata descascada. Se eu não uso maquiagem alguém sempre me pergunta se eu estou bem, se comi ou me manda no médico ver se não tenho anemia! rsrsrs
    Mas, na boa? Eu sou bem feliz assim e a cútis agradece. Manchas e rugas passam longe.

    bjo,

  7. Leio sempre, mas nunca comentei aqui. Adoro seu blog!
    Olha, eu sou tão branca que tenho bolhas quando tomo muito sol.
    Nunca fiquei mais que cor de rosa e, depois, descascada.
    Coisas da vida…
    mas tenho uma invejinha da minha irmã que é morenaça!
    beijos

  8. Dani

    Fases Jane, ja tive a minha do bronze total marrom dourado saca? com direito a óleo de urucum feito em casa, mas naquela época se tinha cama de ozônio…rs

    E usava tb aquele “Raito de Sol” lembra?.. mas hj eu prefiro minha brancura fantasma com direito a mapa hidrográfico com as veias das pernas.

    Ainda mais, acho q demonstra total falta de senso, principalmente ser for bronzeamento artificial.

    Bjs

  9. Já fiz loucuras de moça, ficava no sol com coca-cola, óleo jonhson etc…mais “maduriha” bronzeamento artificial..
    Branca, sempre quer ser bronzeada na marra e depois de mais “madura” eis que tive câncer de pele..
    Agora sol, nem com peneira…fico na minha brancura e pronto…nada de loucuras pra ficar queimada mesmo porque branquela só fica mesmo é vermelha camarão rsrsrsr
    Adorei a dica do livro..vou comprar pq tb estou no fim de ” Melancia” e não tenho nada pra ler depois…Brigaduuuuuuuu!
    beijocas carinhosas e no filhote lindo tb.

  10. Concordo com você, o bronzeado tem de ser moderado (tudo demais grita!)
    Quanto a moda ser branquinha, deve ser porque tá na moda os vampiros não é!? rsrsrs
    Tamb´me sou branca, boa para estudo de veias rsrsrs.
    Fazer o que né! o negócio é aproveitar enquanto podemos, também estou chegando na idade da loba! Auuuuu
    Brigadu! pelo seu blog…divertidíssimo.
    Sinto mais tô te seguindo hein?

  11. Oiee!Nossa, tive fase de ficar bronzeadona, até óleo de cozinha já passei no corpicho( uiai tô viva ainda)..
    Mas como algumas meninas já comentaram, também concordo que são fases..hoje não tenho muito saco de fcar deitada ao sol rsrsrs.
    Mana, ser clara é pheeno!
    Beijoss

  12. Flavinha

    Hahahaha, gosto de ficar com um leve bronze, mas aqui em sp tá difícil hein, muito difícil!!! E bronze artificial tô fora… imagina ficar igual a Galisteu, cor de cenoura, éca…

    Bjs!!!

  13. colega tamojunto , sou branco omo e desisti de ter outra cor e tb me escandaliza qdo vejo alguem tõa moreno que nem parece natural. Já tô acostumada a ser chamada de bicho de goiaba bj

  14. Jane Carvalho

    Nos tempos (idos) em que era doida por um bronze, eu conseguia um belo tom de vermelho-tomate-maduro.
    Hoje estou mais conformada com a branquelice, que nem é tanta .. vá lá…
    Mas enfim, isso tudo pra dizer que concordo.
    Acho ‘uó’ esse povo que aparece marrom-torrada-beeeem-passada….

    bjocas.

  15. Helena

    Tinha uma mina na minha faculdade que passava o inverno se aquecendo num máquina de bronzeamento. A criatura, além de marrom, vivia com a boca em feridas… parecia que tinha acabado de chegar do Saara. Prefiro minha cor quase transparente… aff.

  16. Celina

    Ola,
    conheci o seu blog hoje e estou adorando!!
    Tive que comentar este post!!! Moro no Japao atualmente e aqui a moda eh ser branquela. Me sinto super bem e muitos elogiam a minha cutis branca e sem rugas e sem manchas. O problema eh qdo volto pro Brasil de ferias e todo mundo, ate a minha mae, pergunta se estou bem, se nao estou doente!!!!
    Abracos

  17. Milene

    Ah, lembrei de um fato bizarro da minha infânica…

    Minha mãe passava margarina em mim e me colocava para tostar no sol! Isso aos cinco anos de idade!

    Detalhe: Sou ruiva, de olhos claros e sardas! Vocês podem imaginar o estrago…

  18. Jane, por isso que eu falo que devemos ter sido separadas na maternidade.
    Assino em baixo, porque eu acho ridículo esse visual tostado, principalmente, pra quem já passou dos 18! Marquinha, então! Aff! O cúmulo da vulgaridade! Tá bom, que às vezes a gente descuida e acaba queimando, mas precisa pensar no depois; no beem depois! Daqui a alguns anos, quando encontrar com essa bronzeadinha, você irá conferir quem estará mais conservadinha…
    Já no fim do verão, dou de cara com umas senhoras, que chegam a assustar: descascando feito cobra, aparência de 10 anos mais velhas!
    ( Fiquei brava! Notou, né?!)
    A respeito do assunto, escrevi há algum tempo:
    http://saladala.blogspot.com/2009/03/as-velinhas-do-verao.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s