O mico das festas infantis

Eu já cantei em verso e posts que festas não são meu forte. Mas não me julguem chata (embora eu seja), porque o que não gosto de fazer festa no sentido bíblico, tipo ter que escolher tema, comprar barrado de toalha na 25 de março, escolher sabor de salgadinho (sendo que todos têm o mesmo gosto) e tipo de docinho.

Meu negócio é chegar com a festa rolando, entrar de madame, mãe do noivo. E também tô fora da pagação de mico, padrão nas festas infantis.  Quando, nas festas do João, informo que não quero isso e não quero aquilo, sou obrigada a engolir um redondo e duvidoso: nããããoooooo??????

Eu sou craque em festa de criança e o mico rola solto, vamos admitir.

Entre eles, temos para oferecer:

– Retrospectiva longa: e quando a retrospectiva dura muuuito tempo, com a Celine Dion cantando e racantando sua música várias vezes? A gente já chorou, limpou as lágrimas, chorou mais e nada da tal retrô terminar. E, logicamente, isso acontece com os pais do aniversariante constrangedoramente sentados em frente ao telão e o resto dos convidados em pé, nessas alturas do campeonato apoiados em alguma mesa, pilar, vizinho, Barney ou tobogã disponíveis.

– Dança da cadeira para adultos: pra forçar uma interação inexistente, os monitores propõe a brincadeira da cadeira, onde um bando de besta fica correndo em torno das cadeiras até a música parar. Quando pára, é um Deus nos acuda. E o pobre que ficou sem sentar – ou que sentou no vácuo – ainda paga o mico de cumprir uma tarefa bem ridículo, tipo dançar na boquinha da garrafa ou dançar o créu.

– Gelo seco, chuva de prata, foguetório na hora do parabéns: a criança entra para o parabéns, acompanhada dos pais totalmente sem graça, sob tanta fumaça, papel picado e barulheira que tudo o que os convidados mais temem é que alguém morra asficciado.

Além desses, muitos outros poderiam ser enumerados, como os clássicos tios bêbados, tombos, vovós e vovôs curtindo um brinquedo radical….

A real é que festa infantil é um empreendimento cujo risco de dar alguma coisa errada é grande. Ou seja, eu não vejo a hora do João querer fazer festa só pros amigos ou preferir fazer um passeio. E olha que a festa dele desse ano nem foi uma daquelas que me deixam traumatizada pelos próximos 365 dias!

P.S. Esse post foi baseado em fatos reais. Qualquer semelhança com a realidade não terá sido mera coincidência.

Anúncios

8 comentários sobre “O mico das festas infantis

  1. Jane! Eu vou magar um micão na minha festa de 30, pois será anos 80 a carater. Nunca fiz isso, acho que será um divisor de águas, porque eu sou do tipo engraçadinha, mas não do tipo centro das atenções em festas.Agora apresentação de power point em telão, eu odeio! os pais mostram aquelas fotos que só eles querem ver pra todo mundo, e são infinitas, de música comovente… sofro! beijos

    1. dori blau

      Jane, desculpa te incomodar, estava checando a dieta do hcg aqui no brasil e vi seu blog na google, sera que voce poderia me dar alguma informacao de que clinica esta oferecendo isso?? to tentando ver na internet mas nao encontrei. muito obrigada.

      dori blau
      doriblau@hotmail.com

  2. Giuliana Marchetti

    Hahaha to contigo!

    Detesto essas festas…. e na hora do parabéns que o povo do buffet sempre inventa uma música da xuxa… e demora 3 horas pra cortar o bolo e todo mundo constrangido fingindo cantar “Hoje vai ter uma festa… bolo e guaraná….”

    D E T E S T O rsrsrs

    beijos

  3. Eu odeeeio cantar “Parabéns pra vc”!!! E odeeeio mais ainda quem fica repetindo o mesmo verso da música e cantando mais alto para fazer gracinha. Será que o sujeito acha mesmo isso muito divertido e engraçado???
    E a música da Xuxa?? Putz! Me mata!!

  4. Janescreide, todos já passamos por isso, mas ano passado no niver de Minicoleguinha, o monitor teve que dançar ‘Conga La Conga’ quando perdeu a dança das cadeiras, foi a lavação de alma, hahaha!!!

    bêê tóó

  5. Jane eu naõ gosto das pagações de mico impostas não…kkk… filhote só pagou um mico este ano que foi ir na frete com o mágico, mas curtiu…. graças a desu que o mágico não chamou a “mãe do noivo”!!!!

  6. Também detesto prepara festa, no aniversário de 1 ano da minha filha, ao invés de fazer festa, passamos 1 semana em Natal-RN. Ela curtiu pra caramba e nós também.

    Eu d-e-t-e-s-t-o estas brincadeiras da animação com os adultos, fala sério!!!
    Também já fui em muita festa com estas pagações de mico, ninguém merece.
    Peço para o Senhor me alumiar minhas idéias para a festa de filhotinha não ter nenhum mico!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s