Síndrome da página em branco

Não sei onde li isso, esse negócio de “síndrome da página em branco”, só sei que tal leitura se deu no início da minha carreira de blogueira de sucesso internacional (COFFFF) e a coisa me marcou.

A tão temida síndrome acomete gente que tem coisas pra escrever, fotos pra mostrar, opiniões importantíssimas sobre o futuro do planeta, que poderiam inclusive comprometer futuras gerações e …. não consegue.

Simples assim!

No meu caso, tenho coisas pra postar, sou enrolona profissional (o que pode facilmente ser observado por esse post) mas simplesmente eu não vai, hoje não.

Amanhã eu volto, com um post libertador, revolucionário, ryco, com mais revelações que a revista Conta Mais.

A imagem que eroticamente ilustra o post foi mal intencionadamente escolhida, pra vocês continuarem naquele esquema de me amar pra sempre, blééé.

Anúncios

19 comentários sobre “Síndrome da página em branco

  1. Jane, te achei em algum blog amigo e não lembro mais, mas seja qual tenha sido, valeu a pena, já tive essa crise de branco no meu blog tb, deu uma meda de nunca mais conseguir escrever nada, ainda bem que a vida, a minha vida está sempre em constante insanidade, e assunto não falta, se interessa? Aí já são outros 500 reais rsss, beijocas

  2. Essa imagem matou! hehehehe
    Vi seu post na minha lista de leitura e jurava que você iria falar sobre tamanhos de decotes!
    Eu também passo por essa “prisão”, to com um texto na cachola, mas num sai de jeito nenhum…
    Forçaí!
    BJO

  3. Há! Será q existe um blogueiro q não tenha passado por isso (acho q a Lu Brasil não passa, não… rs)? Eu vivo tendo isso, mas não desisto do meu blog… Queria escrever diferente nele, mas não me liberto e a criatividade pra escrever me trava! Enfim… como esse blog é sempre super útil e divertido, qquer um perdoaria um momento de síndrome da página em branco!
    Boa sorte e bom fds! rs

  4. Entendo tudo total! Passei uma semana inteira sem fazer sequer um post no meu blog ou escrever comentários em outros blogs!
    Por vc, e meu amor incondicional por vc, comi um Activia e…fiz!

  5. ô meu bem, não te amar é uma tarefa impossível!Sem querer rasgar demais a seda…
    Relaxa cumadi!Todas nós blogueiras ou aspirantes a, passamos pela mesma coisa, ok?
    Beijos pro cê!

  6. Pingback: Hiato criativo « Mulheres (Im) Possíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s