E a gente vive junto, e a gente se dá bem

Hoje em dia a palavra conhecer significa muito mais do que em tempos em que a internet não existia.

É estranho – porque é novo – alegar que eu conheço uma pessoa que nunca vi. Mais estranho é responder: de onde você conhece fulano? Isso porque, além de não conhecer, no sentido bíblico da palavra, conheço do twitter, do blog, do orkut!

Mas o lance é que a gente fala, ri, chora, argumenta, concorda, consola e é consolado e nossa turma se conhece e se dá muito bem. E o fato de isso ser de modo virtual tem pouquíssima importância.

E sem discutir o quanto um amigo virtual é mais ou menos amigo do que um amigo real, encontrar-se com quem a gente vive junto tem um sabor muito, muito, mais muito bom.

É como se rolasse uma pré seleção, garantindo um grande encontro!

Semana passada me encontrei pessoalmente com duas amigas, daquelas que só faltava o abraço pra oficializar, se é que isso é necessário ou importante, uma verdadeira amizade.

Sem delongas, me encontrei com as blogueiras-crafters-dignidade Cyntia e Laely. Duas queridas de verdade e que deixaram meu coração mais quentinho.

Vê a gente:

Laely, séria  (só na foto) porque estava pensando em pedir outra sobremesa, Eu (dãã) e Cyntia toda trabalhada na blusinha de cerejinhas, crafter que só.

A Lá está preparando o relato da viagem dela no Sala da La e vai postar em suaves prestações. A Cyntia, como boa brasileira com alma francesa, foi bem mais pontual que nós. Ela já contou no Fala Mãe sobre nosso encontro!

Anúncios

23 comentários sobre “E a gente vive junto, e a gente se dá bem

  1. Minha mãe meio que bóia nessa ciosa de conhecer/gostar de gente que nunca vi. Ela diz que não dá e se for gente ruim…bla.

    Eu argumento assim: “tanta gente da família vale menos que um centavo, não custa arriscar com desconhecido.”

    E pra mim nunca deu errado.

    bju

  2. Olha, a Cynthia já me fez rir, hoje pela manhã. E, logo você, quase me leva às lágrimas, agora?!…( Note bem, que eu escrevi um “quase”, porque eu sou durona! rsrs)
    Jane, já tinha lhe escrito do quanto me senti especial, acolhida, prestigiada, por você ter deixado o presidente Lula, esperando no seu escritório, enquanto dava uma escapadinha, com suas amigas blogueiras…rsrs
    Não deu pra nos conhecer no sentido bíblico da palavra( tá duvidando da minha feminilidade?!…rsrs), mas foi o suficiente pra confirmar a impressão que tinha de você: mulher-maravilha, despachada, fashion, pragmática e carismática…( Chega?!)
    Um beijo!
    Tô mais atrasada ainda, por isso, mandarei o povo pra cá.
    ( Que cores maravilhosas de esmaltes são aquelas?!)

  3. Não costumo compartilhar minha vida “internética” com o marido, principalmente quando vou contar sobre alguma coisa e digo: a minha amiga do blog…! Ele ri dizendo: tá amiga?!!!!

    Quando li o inicio do seu post logo pensei nele… passo grande parte do meu dia blogando, twitando e falando pra cacete por ai. Conheci pessoas incríveis e fiz sim amigas que gostaria muito de conviver na vida aqui de fora, vai entender!

    Adorei conhecer as meninas Jane, e já fui xeretar o blog delas, como uma grande “arteira”que sou, adorei!

    Beijooooos
    Faby

  4. renatajulia

    Jane
    Em julho todas nós dos Dedinhos Nervosos vamos nos encontrar em SP.
    Ja estamos com hotel reservado e tudo mais.

    Mas só qm vive nesse meio que pode entender;

    Bjoss

  5. eu gosto de amizades virtuais. Primeiro porque a distancia nao importa e segundo porque com o fuso horário e tal fica mais fácil manter o contato.
    Posso dizer que dos amigos brasileiros que teno aqui (na vida real) TODOS apareceram primeiro na net!
    Bjs

  6. marcia

    Que lega!!!adorei seu post! e é verdade msm,as vezes marido não entende quando eu falo da minhas amigas dos blogs e olha que eu nem tenho um,mas adoro visitar…Eaproveitando o post anterior acho que o mulheres é realmente uma inspiração e tanto pro dia-a-dia,gosto mto de vir por aqui,e te ver no twitter,você e a Lu Brasil animam meu dia com tanta animação ou ás vezes irritação rsrs é que é tão cheio de humor…

    Bju

  7. Amizade feita na internet vinga e é mto importante, sim!
    Mas com certeza qndo se torna algo ‘real’ é mto mais gostoso! Aquela coisa de vc poder dizer que já VIU a pessoa e não só teclou ou viu fotos, etc…
    Tenho mtas amigas pra ‘conhecer’ ainda….
    Bjks

  8. Lenita

    Jane, rolou tudo certinho, e o encontro foi tão bacana porque você é especial (e sabe disso, né linda?).
    Agora em junho nós, as amigas do Comadres Online, vamos “acontecer” no I Encontro Internacional, em Curitiba.
    Umas vinte, que nunca se viram mas sempre se amaram, rsrsrs
    Bjs

  9. Olha o trio parada dura!!
    Que legal vocês juntas, parecem mesmo amigas de sempre. Deve ser mesmo bom encontrar amigas que a gente nunca viu mas que guarda no coração. Eu considero meus amigos virtuais tanto quanto os “da vida real”. Que bom que existe internet pra gente conhecer gente nova!
    Bjs!

  10. Eu também invejei, ausente que estou deste cantinho, do privilégio de conversar contigo, ler, ser lido, comentar e ser comentado. Mas mais que tudo, anseio pelo dia que vou ter uma fotinho como essa, bem topetudo do seu lado. 🙂

    Beijos com saudades!

    PS.: Agora voltei ao blog. Volto a escrever e a acompanhar. Espero que não tenhas me esquecido. 😉

  11. Pingback: Geek, Nerd e Cia. « Mulheres (Im) Possíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s