E eu era o centro do mundo – Dilemas de mãe

Antes do João nascer, eu era o centro do mundo. Grávida, então, eu mais centro do mundo ainda, praticamente o núcleo do centro do mundo.

Durante minha gravidez, eu me sentia realmente muito bem, ótima. Nada me detinha, tudo era normal pra mim, com o plus de estar com aquele barrigão, que inevitavelmente facilitava.

Claro que passar bem é bom (oi?), mas eu não acho que na gravidez seja tão bom assim. Eu realmente acredito que a natureza desloque nosso centro de gravidade para, entre outras coisas, a gente desacelerar. Coisa que eu não fiz, confesso.

Quando fui pra maternidade, meu pijama era lindo, combinava com o chinelo, que por sua vez combinava com o brinco, tudo perfeitamente arquitetado para que eu me mantivesse no posto que sempre foi meu: o de centro do mundo.

Mas o João tinha outros planos, ele pretendia tomar meu lugar. E em pouquíssimo tempo eu fui destronada. E perceber que eu não era mais o centro do mundo não foi lá uma experiência das mais agradáveis.

Engolir o papel secundário na nossa novela levou um tempinho, mas hoje é incrível como eu nem ligo mais pra essa história de ser centro, canto, esquina, ou seja lá o que for do mundo. O João domina tudo, domina geral, e eu ando numa paixão por ele que … aff.

Só pra não perder o costume de corujar, vejam a cara do figura, com o bico devidamente arrebentado após bater a boca na piscina de bolinha:

Anúncios

25 comentários sobre “E eu era o centro do mundo – Dilemas de mãe

  1. Jane, é o ciclo da vida e sinal de que o seu tempo já está adiantado por aqui…
    (Não entre em pânico! Brincadeirinha, tá?)
    Com certeza, você não deve se importar em ceder o lugar, para essa criaturinha fofa reinar, certo?
    Abraço!

  2. Gostei do post janoca, achei leeeendjo! O João tá cada vez mais hominho, cuidado que a loira peituda daqui a pouco daí metida na sua casa querendo ser o centro das atenções, me chama pra gente falar mal dela tá? e das minhas noras tb rs Tá, to meio grogue, será o trimedal? sem beijo hoje pra num passa dor de garganta…

  3. Aff… eu me senti igualzinho, fui parar na terapia e nunca mais saí. srsrsrs
    João tá lindoooo!!!
    E sobre a loira que a Cynthia falou, se passar aqui em casa toma uma surra. Ninguém vai levar meu bb, nem quando ele tiver 40 anos. srsrsrsr
    bjs

  4. Sasbe amiga marido tem uma teoria ainda mais interessante, ele fala que nunca o homem é o centro das atenções:
    Exemplo: casamento = noiva
    gravidez = mulher
    pôs gravidez = só filha e filhas (será que ele tem deprê) ??????????
    Eu já adoro ser a coadjuvante das filhotas, me conformei logo…..mas nada pode estar tão ruim que não possa piorar….imagine “João o Belo” na adolescencia, jovem, lindo, inteligente e namorador…..e vc. não ser mais o centro das atenções na vida dele.
    Amiga não precisa agradecer sei que ti ajudei muiiiiito, rsrsrsrs.
    Bjs.

  5. Nem sei se fico mais contente de vc realmente ter “passado lá em casa”(blog), pq me identifico mesmo com vc, ou por ter lido esse post num dia como hoje. Concordo MESSSSmo com tudo isso e todos os comentários feitos pelas amigas, agora pleeeease, imagine a minha situação que não serão as loiras peitudas e sim os “manos” chegando e levando as princesas(MINHAS!!!). Quero morrrrrrer. Melhor não pensar nisso agora, afinal, minha filha de seis anos me comunicou ontem que vai dormir no “acampadentro” da escola amanhã e tchau…Além de não ser mais o centro das atenções e ninguém estar nem ligando pro que penso mesmo, ainda vejo que está começando minhas noites sem dormir esperando as lindas chegarem…..E aquela história de uma boa noite de sono fazer bem pra pele???Quer dizer que além de ser deixada de lado(eu não ganho mais ovo de Páscoa da minha mãe, vc ganha????), vou virar o bagaço de lado??????Pra acabar!!!! Beijo querida, volte sempre lá

  6. Jane,
    Tenho dois meninos (um de 9 e outro de 4) e confesso que já tinha pensado nessa história de que um dia vão trazer mocinhas aqui pra casa, coisa essa que como boa escorpina e ciumenta me dá calafrios mas terei de superar, mas fala sério…será que serão loiras e peitudas???? Aí só falta me chamar de tia (minterna) !!!!!! argh! hahahahaha
    Obrigada pela visita.
    Beijo
    Pathy

  7. Luciene Nunes

    João é presepeiro deve ser igual outro que conheço. Sabe que eu não sei se tive essa crise? Talvez isso deve ser coisa de quem é filha única, será? Acho que sou muito sequelada pra perceber esses detalhes. Mas a nossa paixão por eles é bom demais, por isso que eu queria ter um monte, uma ruma de menino tudo atrás de mim.
    Beijos em vcs, não vejo a hora de conhecer o João.

  8. Andrea Meneghel

    Oi Jane, faz tempo que nao comento, mas juro que passo por aqui diariamente.
    Sabe, ainda nao tenho baby e, do alto do meu egoismo e necessidade de ser o centro do universo, morro de medo dessa fase que vc descreveu. Sera que dou conta?
    Acho que sim, ne? Nao tem como olhando para uma cara fofa e sapeca como a do Joao.
    Bjs!

  9. Pri Tescaro

    Bah, tô passando por essa fase, a de aceitar que não sou mais o centro do mundo. E é difícil pra gente entender que as coisas mudaram e que agora, quem manda na casa, nas noites, no nosso sono, na TV, etc… é a criatura que a gente mais ama no universo.

    Também sou cada dia mais louca pelo Pietro e ele só tem oito meses!!

  10. ahehahehheahaehehea

    Sabe que nunca pensei por este lado??? Nem sei o que a minha mãe gostava de fazer antes de eu nascer. Acho que vou perguntar pra ela… Mas quanto as loiras peitudas que todo mundo aí em cima comentou, tomaram que apareçam logo na vida da minha mãe!! xD

    E o João com cara de fanfarrão! Cuidado, ele tem cara de quem não vai gostar de matemática…

  11. Keka

    Ah, Jay!…
    Eu te entendo totalmente, amiga…
    Já tive a posição de centro do mundo, por duas vezes,e perdi as duas vezes. Mas, nossos reizinhos são incríveis, nenão?

  12. Marcia

    heheheeh

    Eu tb era o centro do mundo, até Thomas aparecer!
    Mas a gente acaba se acostumando pq a gente tb faz deles o centro desse nosso mundo, né?!
    E não tem como não se apaixonar por eles!
    Seu filhote é lindo! parabéns!

  13. Janoca querida…
    pior é quando na festa de aniversário dele na hora do primeiro pedaço do bolo ele vira e dá pra namorada!!!! ai vc pensa…putz…não era pra mim??? não nega…sofri…sofro….o meu tempo de ganhar essa fatia já foi…e o pior que no caso a loira peituda aqui sou eu né? porque a moçoila é morena…affeeee… que raiva… curta agora o João porque logo chega essa fase ai na sua casinha mana…ai…já era…rsrsrrs
    Bjs carinhosos e linda semana
    Márcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s