E o medo de ganhar um chapéu de burro?

Dizem por aí que engenheiro não sabe escrever e eu me sinto na obrigação de mostrar que isso é apenas uma balela, uma intriguinha sem fundamento, alguma acusação leviana (amo essa palavra, acho uma coisa tão grave). Só que não consigo muito. Cometo vários deslizes, troco letra, não sei usar vírgula, bla bla bla. No fim das contas, pedi demissão (tão vendo? agora mesmo fiquei na dúvida se era com ss ou ç) do meu cargo de engenheira fazedora de justiça e consulto o google ou a turminnha do twitter.

E com isso, quando escrevo uma palavra errada de propósito (sim, eu faço isso, é raro, vou tentar parar, prometo) faço móóó questão de enfatizar. Exemplo. Não existe a palavra membra. É tudo membro, até mesmo eu, que posso provar que sou mulher, sou membro de um clube qualquer. Só que no twitter eu aumento a letra A, quando escrevo membrA. Isso pra provar não sei pra quem que eu estou errando porque quero. Vale a mesma regra para menAs.

Seja lá de onde tenha vindo essa necessidade de provar que eu sei escrever, acho digno prestar atenção e evitar erros. Acho ótimo quando alguém me corrige (basicamente se fizerem com amor e com pedidos de desculpas prévios), até porque nesse blogueto vale o princípio da melhoria contínua.

Anúncios

16 comentários sobre “E o medo de ganhar um chapéu de burro?

  1. Pois saiba que eu sou formada em Letras, bacharel em linguística, faço mestrado em lgtca, e olhe, te digo que a língua tá aí pra ser usada mesmo, viu? Os que não concordam que CORRÃO!

  2. Andrea Meneghel

    Super valido o seu esforço!
    Falando em lingua e em erro…. pq sera que nao consigo acenturar nadinha de nada aqui no campo dos comentarios? Estranho….
    Mas fica tranquila Jane, seus textos sao super legais, compreensiveis e nao acho que tenha erros gritantes de portugues.
    Relaxa pq “a gente sabemos” que vc eh inteligente e manda bem na nossa lingua portuguesa (ai, lembrei do professor Pasquale!)!

  3. Ei, Jane…
    Adorei seu postO de hoje, eu tenho um problema sério de TOC com relação a erros de português e ortografia… chego a ter calafrios!
    Eu acho QUE errar é humano e tal, mas também acho que todos podemos ter um pouco mais de consciência e procurar saber se o que ESCREVEMOS OU FALAMOS está certo ou não. Principalmente nesse mundo da internet, onde todos vão ler o que escrevemos, penso que podemos fazer um esforço para sermos mais corretoS na nossa escrita. E às vezes, tudo que precisamos é reler o que escrevemos para ver que cometemos um erro, pode ser por distração, ou não.
    ILUSTRANDO, TUDO QUE ESTÁ EM CAIXA ALTA FOI ERRO DE DIGITAÇÃO OU ALGO QUE MUDEI DEPOIS QUE RELI, POIS ACHEI QUE NÃO ESTAVA BOM.
    Bêê Tóó

  4. Dani Massolini

    pessoal..preciso do e-mail da Lu Brasil…não consigo mais entrar no blog dela…queria falar com ela sobre algumas das coisas que ela faz ..lembrancinhas etc…
    se puderem passar meu e-mail para ela, ou passar o e-mail dela para o meu hehe..que confusão rs..

    recepcao@arsam.com.br

  5. Loana

    Eu amo quem sabe escrever direito, com acentos, virgulas e tudo mais. Eu juro que me esforço bastante mas…. as vezes acontece alguns deslizes.

    Eu trabalho em uma grande empresa e fico boquiaberta com os erros que os “grandões” cometem. É coisa de doido mesmo, já vi até comunicado que circula a empresa toda, emitido pelo RH com graves erros.

  6. Oi Jane!!! Ah, não liga pras pessoas que falam isso dos engenheiros! Não que eu seja engenheiro… (bem que eu gostaria, haehaeheah) mas é que as pessoas tem essa imagem mesmo. Não sou fan dos erros forçados, mas quando tem um contexto, fica até legal!! Afinal, a Blogosfera somo nozes.

  7. Eu te entendo, porque sinto a mesma necessidade. Só que eu conheço a origem: meus pais são jornalistas. Sofri com as notas em Língua Portuguesa no tempo de escola? Não… Porque também AMO o idioma e me saia bem!
    Mas o meu irmão caçula sooooooooooooofre… Não gosta, não quer gostar e é super cobrado. Coitado…

    😛

  8. Liz

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    escrevo errado e depois o erro fica martelando na minha cabeça. mas mesmo assim, não deixo de escrever errado, mesmo sabendo que é errado. sou louca?

  9. Amiga gata!Deixa eu te contar uma coisa…não fique triste se engenheiro não sabe escrever, quem faz ou fez letras não sabe fazer conta, dã!
    Outra coisa, e sua dúvida é a mesma do universo,do qual eu tbm faço parte.
    Ninguém é obrigado a saber de cor a escrita correta das paloavras, pra isso existe dicionário, é só consultar. Relaxa mulher!
    Beijos!!!!

  10. eu te entendo
    já passei a maior vergonha um dia imitando o nuno leal maia que chamava a vera fisher de minha idala, …
    então eu dissse que a fernandona montenegro era minha idala
    pronto
    a mulé do professor de portugues que estava do meu lado, ela tambem metida a letrada e culta, virou pra mim e do alto dos seus esqueleticos 1,80 me disse:
    meu bem, a palavra ái a ser usada é ÍDOLO, tanto faz se é homem ou mulher
    eu olhei bem ( pro alto) e pesei se deveria tentar explicar sobre o nuno leal maia, sobre a novela mandala, sobre a vera fischer, mas aí so faleiOBRIGADA.

    ai, ai, troco letra, invento palavras…acho que é meu direito.
    antes cada coisa errada que eue screvia descontava 1/2 ponto, agora que não preciso mais, estão querendo cercear este nosso direito de escrver erradinho so por charme???

    magoei
    bj
    lilly

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s