Homens úteis

É com uma certa revolta que admito que tem coisa que não dá, só mesmo os homens sabem/gostam/conseguem fazer. Têm também atividades que são naturalmente atribuídas aos homens, por definição, combinação, imposição, etc.

Coisas relativas a carro são um exemplo pra mim. Por mais que eu seja capaz de pedir pra trocar o óleo, isso me irrita, me estressa, já fico achando que estou sendo explorada e enganada. É, eu tenho um pouco de mania de perseguição. Eu acho meio “desaforo” eu ter que pensar no óleo do carro, já me basta ter que comprar Veja Limpeza Pesada de Laranja pra minha secretária.

Tá.

Aí queimou a lâmpada do meu escritório, na luminária em cima da minha mesa. E a lâmpada era fluorescente, daquelas que eu pensava que tinha que ter feito mestrado na Sorbonne pra saber trocar. Mesmo assim, comprei 2 lâmpadas e enfrentei o desafio. Eu sabia de alguma aula remota de elétrica que luminárias de 3 lâmpadas funcionavam em série, sei lá, achei esse dado relevante e comprei duas lâmpadas.

Também achei digno ter lâmpadas reserva, já que eu aprenderia trocar, então a qualquer piscadinha eu poderia substituir rapidamente, seria o cúmulo da eficiência e da liberdade.

Troquei. Difícil, a luminária é meio molenga. Liguei o interruptor e ….. nada. Era o reator.

Anúncios

20 comentários sobre “Homens úteis

  1. Giuliana Marchetti

    Jane do céu.
    Me lembrou de uma fato que aconteceu algumas semanas atras.

    Estava dormindo na casa do meu noivo, querendo conversar, empolgada sabe, e ele morrendo de sono.
    A gente falava de sobre nossa família, e ele “pescando” .
    Sem eu perceber ele dormiu e continuou a conversar comigo dormindo e solta essa “Mais é o reator da lâmpada”! Na hora dei um pulo da cama e falei QUÊ???
    Ai ele acordou assustado, tava sonhando!! rsrsrs

  2. Se as lâmpadas funcionam em série, é sacanagem do fabricante… (eu sou técnica em eletrotécnica e sei um pouquinho dessas coisas!!!) Odeio correntinhas de pisca-pisca de natal que ficam com 1/5 das lâmpadas apagadas. Poderia ser um cirtuito todo em paralelo, porque se uma só apagasse, ficaria menos feio! Eu acho que me empolguei com o assunto!

  3. E qdo vem o homem que conserta máquina de lavar roupas e te joga uma conversa querendo trocar peças que nem existem na máquina? Exijo presença masculina, porque se não resolve pelo menos amedronta um tiquinho mais rs,,beijocas e se o chuveiro queimar posso te chamar amiga? Tira o esmalte tá rs? beijocas

  4. bom, aqui em casa o homem sou eu (o marido é absolutamente “cerebral”), mas depois da fibromialgia fui obrigada a terceirizar algumas coisas, pq. já não dou conta de trepar em escada, agachar em rodapé, essas coisas…
    mas te confesso que ontem mesmo joguei no lixo uma luminária pq, depois de checar todos os fios e conexões, e trocar a lâmpada (aquela pequenina, que tem dois pininhos), ela continuava mortinha.

    bj

  5. Jane.
    Acho digno quando as mulheres trocam lâmpadas, pneus, óleo (no bem sentido). Acho estranho maridos que não mexem um dedo para serviços domésticos (inclui: lavar louça, cozinhar, lavar cuecas, etc..). Faço de tudo, mas nem de tudo eu entendo, muitas vezes preciso da ajuda da Rô e isso é bom!

  6. HAHAHAHA

    Isso sobre se sentir “enganada” em troca de óleo e outras rebimbocas automotivas… é muito verdade pra mim tb.
    E nem sei se é tão mania de perseguição assim, da última vez me fizeram trocar um monte de filtros que não precisava. fico p.
    será que os frentistas ganham comissão?

  7. o bom mesmo é ser como eu. casada quase que com o cover do professor pardal. td ele arruma, de computador a microondas. já arrumou nossa câmera digital e há umas duas semanas atrás arrumou meu celular. eu acho o máximo. e o pai dele, meu sogro, é assim tb. inventa mtas coisas malucas, mas bem legais. acredita que uma vez, ele, meu sogro, fez de um motor de aspirador de pó, uma máquina de cortar grama?! hahahahaha
    a ultima dele foi fazer mini vuvuzelas pro Pedro, no jogo do Brasil de domingo, com potes de iogurte, balão e canudinho de todynho! eu acho o máximo! e meu marido é igual. esses dias consertou um vazamento na máquina de lavar e de quebra ainda deixou a área de serviço limpinha. mas se vc está pensando, nossa ele é perfeito! não. ele não é. ele ronca e é mais teimoso que uma mula. mas eu amo mesmo assim.
    beijos Jane

  8. Ahhh… concordo em gênero, número e grau!!!
    Amo dirigir, curto carro… mas não me manda pro mecânico, não me pede pra calibrar pneu, não me cobre nada disso!!! Eu odeio!
    Na verdade odeio, mas tenho que fazer. Não tenho quem faça!
    Mas acho que mulheres não deviam ter que ver isso, seja por que motivo for! Por conta das unhas, pq ja veem muitas coisas, porque são loiras burras, pq não mulherzinhas… não importa! Passo essas tarefas! rs
    Saudades de vir aqui! Adoro seus textos!
    E fiquei super feliz com sua visita no meu humilde bloguito! Seja sempre bem vinda!
    Bjs, Beta

  9. E eu criatura, que preciso trabalhar cercada por homens do tipo: pedreiro, eletricista, encanador, pintor… Tudo achando que só porque sou mulher-linda-loira-independente, sou burra!! Aff!

    É cada história… E eu ainda faço cara de entendida, peço um tempo pra pensar, jogo no google e vejo se descubro se tô sendo engrupida ou não!!

    Kkkkkkkkkk!

  10. Po! Eu me esforço pra poder tentar consertar as coisas. Ando atrás do meu pai sempre que ele vai fazer alguma coisa e tento aprender. Mas tirando os computadores e os brinquedos dos primos, acho que meus talentos não estão no conserto das coisas…
    Apesar disso acho que é importante ter iniciativa, sempre conheço alguém que conhece a solução pros problemas. 😀

  11. Vivian

    Oi Jane, super-adorei a descrição bem humorada do drama da lampada, pois estou aqui em casa exatamente com o mesmo problema… como não tenho home-marido (trocadalho com home-office) – pois o maridão mora numa cidade e eu em outra, vejam só que moderno – serei obrigada a chamar um “entendido’ para trocar o danado do reator da minha lampada fluorescente… só de pensar nisso, já me dá agonia… fora a grana que se tem que pagar para um serviço que parece não exigir mais do que 2- neuronio… mas enfim, como uso meus talentos e tempo para outras coisas, atividades como trocar pneu, arredar móveis, consertar vazamento de máquina de lavar, chiado em telefone, pane em celular, etc, etc… exigem um homem por perto, claro… e haja “cara de entendida” para não ser enrolada, minhas amigas ! Bjks para todas !

  12. Suelem Castro

    Aff, ninguém (ou melhor, nenhuma mulher) merece trocar lâmpada!!!

    Muito corajosa vc!!! Eu até alugaria um marido, mas nunca ia em pensar em trocar sozinha!!!

    Um minuto de silêncio pelo reator!!!

    Bj

  13. marcia

    kkkkkk,morri de rir agora Jane,em casa já aconteceu parecido:o chuveiro parou, trocamos a resistência e na hora de ligar nada,era problema em outro lugar que eu nem vou saber explicar rsrs mas enfim…

  14. hahahaha, apoiadissima companheira!!!

    Eu não gosto e nunca faço nada dessas coisas relacionadas ao carro.. só abasteço porque não anda sem combustivel né… rs Nem calibrar pneu eu calibro!!! dureza….

  15. Eu passei um aperto por essa ignorancia em assuntos eletricos.
    Fiquei 2 semanas tomando banho frio.
    Primeiro comprei a resistencia. Meu pai foi trocar, nao deu certo.
    Depois comprei outro chuveiro. NADA.
    Era o dijuntor na parede………

  16. Oie, Depois de muito tempo estou tentando voltar…devagar e sempre, hoje Vim especialmente para te convidar a participar do Contador de Historias que vai acontecer la no kriativa do mes de Junho o tema e “Amor” se quiser passa la se inscrever. Bjks e Otimo Fim de.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s