Guia prático para Mães na praia

No ano anterior fiz um Guia muito útil e premiadíssimo sobre como sobreviver à praia com crianças. O foco naquele guia eram as crianças, e agora quero focar em nós, mães descabeladas.

Logicamente, esse guia se aplica àquelas mães que terão que brincar com seus filhos, e não terão à disposição espreguiçadeiras rycas e babás competentes.

Let’s go!

– Primeiro, primeiríssimo, lembre-se que praia é diversão, relax, desconecção, se você gosta de praia, sabe do que eu to falando. Para criança, é mais piração ainda. Então, não entre numas de mandar seu filho não sei suja, não se enterrar, não nadar, não isso, não aquilo. Pra mim, praia é lugar de “sims”, com muita atenção e cuidado, mas é tudo meio que liberado. Inclusive porque crianças (principalmente meninos) gostam de coisas estranhas:

Esse dia o João foi pra praia com o Ale e levou o carangueijo pra casa, pra me mostrar. Oi?

– Invista todo seu dinheiro em um protetor solar bom. Não. Bom não. Ótimo. Um de rosto mega e um de corpo idem. E passe protetor antes de sair de casa. Espalhe bem, com cuidado, senão você ficará uma zebra, como eu já fiquei outrora. Talvez não dê pra reaplicar direitinho, e passando em casa você  já terá feito uma base boa e só reaplica meia-bocamente. Acho que um fator alto compensa bem, porque é mais espesso.

– Compre biquínis que fiquem no lugar.  O requisito do biquíni não é ser caro, lindo, nada disso, até porque você terá que ficar sentada na beiradinha do mar fazendo castelo ou sendo enterrada pelo seu filho. Portanto, o biquíni tem que cobrir o que não é pra ser mostrado, e muito bem. Isso porque depois de jogar bola ou brincar de pega-pega, é recomendado que o sutiã não vá parar no pescoço e meia banda da calcinha entre em lugares indevidos, se é que vocês me entendem.

– Na praia use óculos,de preferência, que possam ser molhados e que em caso de riscos não cause um rombo na sua conta bancária, já que é meio que inevitável ter que entrar na água pra acudir o filho que tomou um caldo.

– Evite usar a pranchinha do seu filho, porque no meu caso a prancha afundou eu fiquei que nem uma baleia encalhada. A não ser que você seja peso pena ou seu filho tenha prancha de profissional do surf.

– Leve toalhas e cangas que possam ser usadas sem dó nem piedade, que possam ir pra areia, que seu filho possa secar o baldinho dele, ou seja, que se precisar jogar no lixo no fim das férias você não vá chorar por ter sido presente de casamento.

– Leve água, suco, bolacha, numa sacola plástica bonitinha; eu acho que vale a pena levar uma farofinha básica pros pequenos (e pra si própria).

– Tente, com toda força do seu ser, ficar na sombra. Esse pedaço é difícil, porque criança quer ficar na água, mas mesmo assim se for possível revezar com alguém de bom coração … é recomendado.

– Leve pouco dinheirinho ou tente fazer conta numa barraca, pra você não ter que ficar encanada em cuidar dos seus filhos e dos seus bens. Ou um ou outro.

– Libere o sorvete pros seus filhos e pra você. É nutritivo, barato, limpo e a cara do verão! Também rolou muita raspadinha, vê isso:

– Se for possível, procure uma praia calma e relativamente vazia. Praia lotada é puro stress, infelizmente. Ano passado eu produzi adrenalina pro resto da minha existência (considerando que eu viva até uns 120 anos), de tanto medo que fiquei de perder o João. Esse ano fomos pra Juquei, e fomos muito felizes! Muito amor:

Anúncios

10 comentários sobre “Guia prático para Mães na praia

  1. Praia e’ glamour zero para mim. De preferencia so iria se fosse azulejada. Ultimamente nao vou nem a piscinas dos hoteis. Maridovski vai com os petizes e eu fico so nas revistas a disposicao no lobby.

  2. lu kowalski

    Gata, vc é demais….tudo isso eu passo qdo vou a praia…é um tal d um olho no peixe (na cadeira, bolsa, bens) e outro nos gatos (João e Julia)…e vou dizer, q filho na praia vira ninja….é só da uma viradinha pra olhar um surfista ou salva vidas sarado q ….pluft!…sumiram! eu sempre procuro ir nos lugares mais vazios, mas morando em Balneario Camboriu isso é missão quase impossivel, digo quase, pq d madrugada fica mais vazio, mas dai, né…não rola cas crianças….aff…suas dicas são ótemas…eu sigo e recomendo, pq produzir adrenalina com filhote correndo, afundando, achando q é peixe deixa a gente com a cútis envelhecida antes do tempo…deusolivre!!!!! bjoooo (coração cas mão)

  3. Irene

    Oi Janescreid (rsrs),

    Vim aqui só pra de dar uma dica bem legal (nada haver com praia, mas pra esses dias chuvosos que fazem aqui em Minas), sabe aqueles disquinhos pequenos com historinhas que ouviamos quando criança? Nem sei se vc ouvia mas lá em casa era certeiro. Achei (encontrei) um site que dá pra baixar e ouvir livros (audio books) e o melhor grátis, tem outros livros interessantes também. Espero que ajude bastante. Aqui tem funcionado. Vale a pena ir até lá!!!
    http://www.audiobooksgratis.net/ e o outro lendo.org

    bjs…

    Irene

  4. Lenita

    Oi, querida.
    Excelente idéia em postar o que todos merecem/precisam ler.
    Não há angústia e stress maior do quer perder um filho na praia.
    Só quem já passou por isso é que sabe.
    Depois que aconteceu comigo, tinha vontade de levar os meninos para a praia devidamente etiquetados, aff…

  5. Li. (salvemequempuder)

    Adorei! Sou mãe de dois…sempre levo uma peça de roupa extra para que eles joguem uma água no chuveirão e, caso cheguem mortos em casa é possível que tirem um cochilo sem ficar assados.

    Levo também bastante brinquedos e costumo arrumar um espacinho para ficar bem próximo à beira do mar, assim muitas vezes consigo administrar a brincadeira sem precisar ficar tensa de perdê-los, sem contar que é bemmmm mais fresquinho.

    Bjs,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s