Guerra às cutículas–Entrevista com a Camila

Conforme prometido no primeiro post Guerra às Cutículas, fiz umas perguntinhas básicas pra Camila Zatz, dona dessa mão:

zatz2

Ela não corta cutícula, e contou como chegar nesse resultado.

MI: Os cantos têm que ser cortados ou eles tem uma tendência à reduzirem?

CZ: Os cantões também tendem a reduzir com o tempo, mas eles dificilmente sumirão de uma vez se sua pele cresce e cobre a unha dos cantinhos. Como no cantinho acaba crescendo um pedacinho de unha junto com pele, não tem muito o que fazer, tem que tirar mesmo. Mas nada de arrancar “drasticamente”: mantenha os cantinhos hidratados e depois retire o excesso com o alicate. Passe um creminho depois e beleza, e nunca arranque com a boca! Vai sangrar e ficar um buraco no lugar.

MI: Você empurra sua cutícula ou só hidrata? Como vc conseguiu esse resultado de cutícula grudadinha? Sua cutícula parece de criança, sempre foi assim?

CZ: Minha cutícula sempre foi fininha, mas mesmo assim eu tirava. Quando comecei a parar de tirar a cutícula, eu empurrava todos os dias com a espátula para ela ficar no lugar e não ficar aparecendo aqueles “picotes” do alicate. Demorou uns dois-três meses até elas pegarem o contorno natural das unhas e “assentarem”. Desde então eu mantenho a hidratação diária e só empurro com a espátula na hora de trocar de esmalte. Hoje elas não dão nenhum trabalalho, mesmo na hora de pintar, pra mim ficou mais fácil, já que não corro o risco de ficar com os dedos ardendo com o esmalte e a acetona por ter arrancado a pele que não devia.

MI: Você gosta desse dissolvedor da Sally Hansen? A Vitória (http://www.flickr.com/photos/vikogikoski/) não acha que hidrate tão bem, ela acha que até resseca um pouco, qual é sua opinião? Ela usa Blue Cross, você conhece?

CZ: Nunca usei e não sinto falta de nenhum creme removedor de cutículas. Como nunca tive muita pele sobrando, não sinto falta desse tipo de creme, mas talvez ele seja útil a outras pessoas. O Mira cuticle da Avon é um redutor de cutículas e recomendo o uso dele para quem está começando a parar de tirar a cutícula com o alicate.

MI: Você usa cureta? (eu já comprei uma mas achei meio afiada, é assim mesmo?)

CZ: Não, nas unhas, só alicate (quando alguma pele levanta) e espátula para empurrar e tirar as peles soltas.

MI: Quando estamos com esmalte devemos continuar hidratando e empurrando ou só hidratando?

CZ: No início, vale a pena empurrar e hidratar, mesmo com esmalte. É só empurrar com cuidado para não machucar a pele e não estragar o esmalte.

MI: Que tipo de creme deve ser evitado porque derretem o esmalte ou tiram o brilho?

CZ: Já vi várias meninas falando que protetores solares estragam os eamaltes. Eu uso cremes de mão com protetor solar e nunca reparei em nada, mas também nunca usei um protetor solar comum como Sundown com esmalte, então não sei o efeito que ele pode dar. Em esmaltes foscos, o uso de cremes diários pode deixá-los com aparência “ensebada”. Já em esmaltes comuns, não tem nenhum problema em usar cremes hidratantes.

Pra finalizar, acho bom realçar que eu faço minha unha em casa e mesmo que a pessoa prefira fazer em salão, deixar de tirar as cutículas facilitou muito minha vida. O tempo para fazer as unhas é menor (já que você não demora mais para ficar picotando a pele), tem menores chances de machucar os dedos e evita inflamações, já que a base da unha está protegida. Reza a lenda que as unhas ficam até mais fortes (digo lenda porque nunca tive unhas fracas) e até faz sentido, já que você traumatiza menos a região da base da unha com o alicate. Recomendo a todas terem um pouquinho de paciência e apostarem nesses cuidados. Aliás, como todo tratamento estético, né? Nada tem resultados imediatos, mas depois, é só alegria!

Zatz

Zatz1

Nos pés, eu também não tiro as cutículas! Faço a mesma coisa que faço nas mãos: só empurro quando vou pintar. Fora isso passo hidratante nos pés antes de dormir e uso creme esfoliante. Aproveito pra esfoliar a parte das cutículas com o esfoliante, também.

——————————

E agora um TESTEMUNHO (isso tá parecendo igreja!).

Minha amiga Fabiana também está empenhada e me mandou um e-mail com fotos contando tudo:

Também venho tentando parar de tirar as cuticulas…ontem lendo seu post resolvi tirar o esmalte de sábado, somente esfoliei.

Bem, no banho passei aquelas escovinhas de cerdas duras, cortei um pouco, massageei com óleo de amendoas. No banho mesmo, porque aproveito e passo no corpo em dias mais frios…fiz o contorno da cuticula com bepantol, ele cicatriza todas pelinhas, usando de manhã e de noite, mas é só na cuticula mesmo porque ele é grossinho.

Esmaltei bem de noite, não ficou a voltinha perfeita mas só dá pra perceber de pertinho…vou tentar mais um mês.

Vejam as fotos da Fabiana no dia que ela pintou:

Fabi

e após 5 dias:

Fabi 5 dias depois

Espero que tenham gostado e se sintam encorajadas. É uma questão de saúde e para quem gosta de manicure, como a Ro, que comentou no post anterior, acho que muitas de nós ainda precisaremos delas. O fato é que pintar a unha é a segunda dificuldade desse processo todo, eu mesma consigo pintar super bem com esmalte claro mas com escuro ainda preciso ir ao salão ! Porém vou com as unhas bem cicatrizadas, sem cutículas machucadas e expostas, evitando assim o contágio por alguma doença.

Agradeço imensamente à meninas que colaboraram com esse post, à Camila Zatz pela entrevista esclarecedora e a Faby por mostrar os resultados dela.

12 comentários sobre “Guerra às cutículas–Entrevista com a Camila

  1. Eu adorei o Post….. Muito, mas muito esclarecedor…..
    Ainda não consigo ficar muito tempo sem tirar cutícula, o meu grande problema, é que fico beliscando….mas vou me esforçar mais… pois também acho que não deveríamos tirá-las.
    Um beijão
    Telma

  2. amiga amanhã já serão 7 dias sem retirar cuticula, e trocarei de esmalte, mesmo assim notei que um minutinho por dia cuidando das unhas fazem uma enorme diferença. Passei bepantol todas as manhãs (e algumas noites), esfoliei umas duas vezes nesta semana durante o banho (mesmo com unhas esmaltadas, só que tenho o cuidado de não esfregar o esfoliante nas unhas e sim só no contorno, de leve) junto com a esfoliação corporal, enfim, nada que saia da nossa rotina. A pele que tenho durinha nas pontas estão reduzidissimas, precisarei de pouco alicate (ufa)
    Meu contorno está bem melhor, quase cicatrizado, e os picotes estão sumindo, outra dica legal que melhora rapidinho machucadinhos é pomada denebacetin (tem genéricaas baratenhas e eficientes)

  3. Adorei! Espero ter dado uma esperança àquelas que querem largar o alicate e pararem com a mutilação hahah. É só pensar nos benefícios: vc faz a unha mais rápido e os dedos não ardem mais na hora de limpar a casa haha (os meus sempre ardiam por causa das peles que eu arrancava :/)
    Beijo Jane, e obrigada pela entrevista!

  4. Patricia Sato

    Jane,

    Parabéns, adorei o post, aliás adoro todos, mas esses das unhas são especiais para mim, pois eu morro de preguiça de fazer a unha e gostaria de não precisar ir ao salão, pq eu adoooro unha bonita. Jane, estou passando uma temporada nos EUA, ontem eu passei em uma farmácia e vi o dissolvedor de cuitículas da Sally, igual ao que vc postou, e sabe qto custa, gata??? só 7 doletas. Vc quer que eu compre uma para vc???

    beijos,

    Pati Sato

  5. Oi, Jane, querida! Que post bacana! Eu não tiro as cutículas há muitos anos, acho que uns 15 mais ou menos. Foi por indicaçãod e uma dermatologista. Na época, minhas unhas estavam fracas e quebradiças e esse foi o conselho. Todos os dias antes de dormir, eu passava um creminho nas mãos e cutículas e as empurrava com uma espaúla. Ainda que levantassem, eu resistia e não tirava com o alicate. Em pouco tempo elas foram diminuindo e nunca mais levantaram. Eu apenas tiro como alicate aqueles cantinhos mais durinhos, da ponta dos dedos. Meninas, coragem! Vale o sacrifício. Reista!
    Beijos, Vanessa

  6. Pingback: Que cor você vai usar? « MULHERES DE QUARENTA

  7. Tina

    Olá! Eu também estou nesta luta de parar de tirar a cuticula, e não está nada fácil viu, rsrsrs. Mas eu to aqui firme e forte, aposentei meu alicate faz quase uma semana, mas minhas cuticulas estão feias que dói, eu hidrato, mas no meu serviço eu sou a escrava Isaura, trabalho em escritorio de atendente, mas me sobra também o serviço de faxineira. Dai td hora é chão pra limpar, copo pra lavar, lixo no chão pegar, e por ai vai… eu sempre corro e hidrato, mas ta dificil por ser muito corrido e não consigo nem ter almoço, eu chego a atender até de boca cheia (que horror) mas é a mais pura vdd…. você tem alguma dica pra me ajudar a hidratar nesse caso? (se é que é possivel)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s