Falando em filme …

foto 2

 

Falando em filme – e dando um tempinho nos temas parisienses – vim contar sobre HER (traduzido como “Ela”), assistiu?

Eu assisti dia desses  porque fiz uma meta maluca de ver todos os filmes que concorreram ao Oscar o que, obviamente, não cumpri. De toda forma, esse filme estava na lista e, bem …. contextualizando.

HER foi dirigido por Spike Jonze, ex marido da Sofia Coppola, diretora de Encontros e Desencontros (Lost in translation), filme que se passa em Tokio, com a Scarlett Johansson e o Bill Murray.

O filme se passa num futuro próximo, em Los Angeles, com algumas cenas futuristas filmadas em Shanghai. Theodore (Joaquim Phoenix)  é um escritor solitário que compra um novo sistema operacional para seu computador. Lá pelas tantas, ele acaba se apaixonando pela voz do programa (voz da Scarlett, maravilhosa, diga-se, até eu me apaixonei), dando início a uma relação amorosa. O filme é lindo, delicado, faz refletir e – para piorar – é uma resposta de Jonze à Sofia, uma declaração de amor. 

A minha querida amiga Dani Cascaes (arroba rockstar @DaniCascaes) já tinha publicado a respeito e ela me autorizou postar os seus comentários, além de ter enviado fotos lindas da viagem que  fez a Shanghai.  Preparem-se para pirar!

Assisti “Ela” (Her) do Spike Jonze e amei. Tudo bem, sou suspeita, amo o trabalho de Jonze antes de ser modinha. A sensibilidade de SJ ao mostrar a solidão do personagem de Joaquim Phoenix (Maravilhoso no papel) me deixou com nó na garganta em vários momentos. E a Los Angeles futurista de Jonze que na verdade foi rodada em Xangai, cidade pela qual sou apaixonada, das mais incríveis que conheci, terminou de encher meu coração de saudade. “Ela” parece uma carta de amor a Sofia Coppola, ex de Jonze e, sobretudo, uma resposta a “Lost in Translation” de Sofia. Fico impressionada como a sensibilidade dos dois é parecida e até a escolha da trilha sonora (Sempre perfeita). Como eles se parecem. Me empolguei nesse post, né? Mas é que toda paixão justifica qualquer eventual excesso. Ai, meu coração. [suspiros]

A Dani depois me mandou outra mensagem, acho que  não era para escrever aqui, mas achei tão certo o que ela disse:

Para mim tal qual o Lost in Translation foi um tapa no Jonze, ex da Sofia, Her foi uma resposta para ela. Que coisa mais linda e genial ambos colocarem a Scarlett Johansson nos dois filmes. Gosto de pensar que um é o grande amor do outro. Como eles eram foda juntos. Sofia é genial, Jonze é absurdo e eu sou cafona porque ainda quero um final feliz. Um filme feito pelos dois.

Bem isso: … paixão justifica qualquer eventual excesso.

foto 1

foto 4

foto 3

 

foto 1a

foto 2a

Por fim, uma frase do filme: Se apaixonar é uma coisa louca, uma loucura socialmente aceita.

Obrigada Dani querida.

Anúncios

6 comentários sobre “Falando em filme …

  1. Maria

    Dando risada aqui de quantas oportunidades a vida nos traz… Acaso, merecimento, D’eus… Nao sei. A certeza é que coisas boas trazem coisas boas! Amei o filme por toda suavidade e doçura que transborda. O post de vcs duas ( Musas) catapulta o pensamento pra outro lugar: Pra ver alem do obvio, temos que ter parametros maiores… Obrigada Semi-Deusas por aproximar-nos de ideias e lugares que do nosso umbiguinho jamais conseguiriamos perceber. Jane, Dani, Liana, Fernanda, Cris, Tati e todas as Deusas do Twitter que abriram meus horizontes. Vcs sao HER ❤️

  2. Jac

    Eu vi esse filme porque você falou sobre ele no FB, Jane, e ainda estou apaixonada. Realmente, a Scarlett Johansson fez um item de tecnologia parecer muito mais humano que alguns dos personagens. Pensei (e chorei) com a solidão do Theodore da mesma forma que às vezes penso na minha própria. E já que você mencionou Encontros e Desencontros, acho que irei vê-lo também. Um beijão e, sempre que puder, dê mais dicas de filmes.

    1. Jane M

      Muito apaixonante mesmo, Jac. Veja sim Encontros e Desencontros, você vai ver muita semelhança entre os dois (reforçando a tese de que HER é resposta à Encontros). Em ambos a Scarlett canta com aquela voz linda dela. Muitos suspiros. Bjo.

  3. Angela

    Vou correr para ver o filme, nem que seja para vc se sentir prestigiada e parar de “parar de postar…” Acompanho o Mulheres desde o tempo da Lu Brasil ( outra sumida total) e fiquei orfã nos seus tempos de sumiço…Vou a Paris e Borgonha em Agosto e preciso das suas dicas…bjs

    1. Jane M

      Ângela, já me sinto muito prestigiada com seu comentário, acredite. Também quero muito “engrenar” e voltar a postar. As dicas/impressões de Paris e Amsterdam postarei com certeza. Dê uma olhada no blog Conexão Paris, é excelente. Bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s