O Blog mais curtido do pedaço

Eu podia jurar que minha credibilidade blogueira andava mal das pernas, já que esse querido bloguinho não vê atualização há séculos, mas fui passar o feriado na casa da Margaret e decidimos fazer uma página do blog no Facebook: foi sucesso !!!

Não sou muito chegada nessa rede social, mas dizem os profetas que Facebook é o caminho, a verdade e a vida. E eis que de repente, não mais que de repente, PLUFT e … mais de 800 curtidas.IMG_8811

Claro que a própria Marga fez um apelo pelos primeiros 100 seguidores (marca que alcançamos em menos de uma hora), e depois outras meninas também postaram suas súplicas, mas o fato é que, noves fora, choveram curtidas e comentários da galerinha das antigas, pessoas com quem fiz e cultivei amizade graças ao blog.

Então é isso! Esse post pós página, com promessa de um retorno triunfal, serve primeirissimamente para agradecer as palavras amáveis e a amizade de sempre, e segundamente para falar que desejo muito voltar a escrever.

Sinto falta de um espaço gostoso para conversarmos, como fazíamos antes, sem gente patrulhando, pregando chatices, sem radicalismo. Quero falar sobre ter 40 anos, sobre o João grandinho, sobre essa coisa de endeusar filho e reclamar do Natal (que tá chegando, SOS).

Espero que curtam.

facebook-keyboard-like

Anúncios

Post Musical / Utilidade Pública / O fim do lá lá lá

Sou super musical, já contei né? E gosto de rádio, por mais antigo que isso possa parecer a você, jovem leitor. No carro rola rádio direto.

Rádio é aquilo ….  Toca de tudo um pouco e é uma ótima diversão ficar trocando de estação.

E o melhor é que tem um aplicativo chamado Shazam que “ouve” a música e conta tudo sobre ela. O mundo tá muito moderno! Aí eu não preciso ficar fazendo lá lá lá até alguém me ajudar a descobrir de que música se trata. Um mico a menos na vida!

Essa foi a última música que o Shazam me ajudou a descobrir.

 

Justificar é preciso

Eu odeio justificativas bloguísticas, já falei umas duzentas vezes. Aquele papinho de que sumi, bla bla bla, mas voltei, blé blé blé … acho um saco!

Mas o fato é que o blog ficar parado também me deixa malzona. Eu sinto realmente falta de entrar aqui e contar as coisas, mostrar o que vi – mesmo que isso não seja a oitava maravilha do mundo – contar que minha empregada foi embora (basicamente, isso ocorre em loooping), que estou em dúvida sobre alguma questão qualquer.

E minha vida andava num ritmo que eu estava sem tempo e sem vontade de blogar. E o pior, de entrar na net. Foi então que percebi que estava perdendo o desejo por coisas que antes eu tanto gostava, e isso me preocupou.

E pra vocês verem como essa preocupação gerou movimento (isso que importa! ficar paralisada é que não pode) voltei pra contar que voltei! Também quero contar que quero emagrecer, que preciso malhar, que to sem empregada, que o João agora tem prova….

Tá. Então é isso. Vai uma musiquinha das minhas preferidas, antiguinha “pra variar”, mas linda linda linda…..